“Não treinei absolutamente nada para esta luta”, revela Anderson Silva

Artur Dantas,

Anderson Silva entrou para a luta contra Daniel Cormier com o papel que poucas vezes lhe coube no MMA, o que de azarão. Escalado de última hora para não deixar a luta cair em virtude do doping de Jon Jones, o Spider foi confirmado no card dois dias atrás e, de fato, não foi páreo para o jogo de quedas do campeão dos meio-pesados. No entanto, após a entrevista, revelou que não estava preparado para o confronto na categoria de cima, a quarta luta na divisão até 93 quilos da carreira. 

"Para mim foi um grande desafio pessoal aceitar essa luta e consegui colocar em prática tudo o que desenvolvi durante todos esses anos. Se bem que tô há muito tempo sem treinar, desde a minha cirurgia não treinei absolutamente nada, mas valeu o desafio, pessoal. Que isso sirva de exemplo para todos os brasileiros e para todos que estão aqui hoje. Vocês podem tudo que quiserem desde que tenham o bem no coração”, revelou.

A cirurgia a que se refere Anderson foi a que o tirou do card do UFC 198, realizado em Curitiba, em maio deste ano. Na véspera do evento, o brasileiro que enfrentaria o “homem ambulância” Uriah Hall foi diagnosticado com uma inflamação na vesícula biliar e teve que ser retirado do card. 

Questionado se teve dificuldade por lutar na categoria de cima, Silva disse que não se tratava propriamente de nenhuma novidade, destacou os treinos com os parceiros e projetou que Ronaldo Jacaré será o próximo campeão dos médios. “ Eu tô acostumado a treinar com caras mais pesados. Meu mestre [Rodrigo] Minotauro, Rogério Minotouro, o Rafael Feijão, o [Ronaldo] Jacaré, o próximo campeão aqui, galera. Não esqueçam disso. É isso. Estou acostumado a treinar com caras mais pesados. Eu senti um pouco porque estou sem treinar absolutamente nada, meu cardio. Mas foi bom. Toda a minha equipe que me acompanhou durante minha trajetória está toda aqui e estão todos de parabéns. Dedico essa vitória a eles. Pra mim foi uma vitória poder colocar tudo o que pratiquei, tudo o que treinei. É isso. O Daniel é o campeão. Vim aqui para lutar com ele, não para desrespeitá-lo mas para colocar a teste, à prova tudo o que sei, tudo o que aprendi na arte marcial”, disse. 


Tags: Anderson Silva Daniel Cormier UFC 200
A+ A-