Maldonado acusa lesão na lombar antes de combate contra Fedor

Artur Dantas,
César Augusto
Caipira de Aço durante combate com Gian Villante, no UFC Natal (2014).

Fábio Maldonado tem um problema pela frente que pode atrapalhar sua preparação para o combate contra Fedor Emilianenko no próximo dia 17 de junho, pelo evento Fight Nights Global 50, em São Petersburgo, na Rússia. O brasileiro acusou uma lesão na lombar, fato que fez cair a luta contra Felipão Dantas (ex-TUF Brasil 3) na segunda edição do evento 1º Round Combat, que será realizada em Natal (RN) no próximo dia 6 de maio.

Na semana passada, ele esteve no foco de uma polêmica após afirmar que começaria a tomar a substância DHEA, vetada pelas comissões atléticas e pela Agência Mundial Antidoping. O “Caipira de Aço” chegou a comentar: "Sou eu contra ele [Fedor] só. Todo mundo entende dessas coisas (doping). Não vou dar uma de coitadinho aqui, né? Todo mundo entende e sabe do que tomar e não tomar. O que eu posso dizer é que eu não tomo essas coisas, mas, por exemplo, quando eu estava na minha reta final do UFC e tinha exame surpresa, eu fazia o uso de DHEA, porque o médico disse que para homem depois dos 32 anos isso ajuda a pele, os hormônios… Enfim, mas isso nem bomba era. Eu não estou tomando ainda, mas acredito que semana que vem eu vou começar a usar”, disparou.

A declaração não foi bem aceita no mundo do MMA e logo Maldonado tratou de colocar panos quentes, ao dizer que havia feito uma “brincadeira” e usou o Instagram para se justificar. "Falei a várias reportagens sobre minha próxima luta e uma das perguntas foi se eu iria tomar ‘bomba’ ou esteroides, sei lá o quê… ‘Suco’, pra luta contra o Fedor. Eu respondi que ‘ia cheio dos venenos, dos sucos’, mas achei que se tratava de uma brincadeira do repórter e não pensei que fosse ser levado a sério. Disse também que é preciso tomar cuidado hoje em dia com os suplementos, para não cair no antidoping. Se algum fã se decepcionou comigo, peço desculpas. Faço antidoping desde 2003 na minha estreia no boxe nos EUA e estou aberto para exames antidoping, os quais fiz minha vida toda”, escreveu.

Tags: Fábio Maldonado Fedor Emilianenko Fight NIghts Global 50
A+ A-