BJ Penn é retirado do UFC 199 por violação de antidoping

Artur Dantas,

Foto: Josh Hedges/UFC

BJ Penn retornaria ao UFC após dois anos de pausa no próximo dia 4 de junho. Entretanto, o havaiano de 37 anos, que flerta com a aposentadoria desde 2011, está suspenso do combate da edição contra Cole Miller por potencial violação da polícia antidoping da Agência Norte-Americana, USADA.

O motivo é que o lutador, de acordo com o comunicado do Ultimate, declarou que usou soro intravenoso fora do período de competição, que excedeu os 50 ml permitidos em um recorte de até seis horas. 

Em entrevista ao site BJPenn.com, o lutador disse que desconhecia a proibição do soro e disse que vai trabalhar para elucidar o quanto antes o caso. O UFC ainda busca adversário para Miller.

“Informo a Usada voluntariamente que, durante um período fora de competição, precisei da administração de soro intravenoso por um médico. As regras para o uso de soro intravenoso mudaram desde a minha última luta pelo UFC, eu não sabia dessa mudança e voluntariamente informei a USADA. Eu não fazia ideia de que o soro intravenoso estava banido 365 dias por ano. Em nenhum momento da minha carreira nas artes marciais mistas eu fiz uso de doping e antecipo que todos os resultados dos testes feitos pela USADA voltarão limpos. Vou trabalhar com o UFC para esclarecer isso e voltar a lutar o quanto antes”, declarou. 

Penn, que foi campeão dos meio-médios e dos leves do UFC, não vem em grande fase. A última vitória dele no MMA ocorreu em 2010 quando nocauteou Matt Hughes. Depois disso, empatou com Jon Fitch, e acumula derrotas seguidas para Nick Diaz, Rory MacDonald e Frankie Edgar, esta última em julho de 2014, quando anunciou mais uma vez que estaria pendurando as luvas. 


Tags: BJ Penn Cole Miller UFC 199
A+ A-