Jon Jones planeja superluta contra adversário indefinido em novembro

Artur Dantas,

O campeão dos meio-pesados do UFC, Jon Jones, terá mais uma chance de defender seu cinturão no próximo sábado (27). No UFC 159, que será realizado em Newark, Nova Jérsei, “Bones” encara Chael Sonnen do outro lado do córner na luta principal da noite.

Porém, Jones já pensa mais na frente caso passe pelo compatriota. Nesta segunda-feira (22), durante a teleconferência de imprensa para o evento, o dono do cinturão adiantou que planeja fazer uma superluta em novembro, mês que a franquia completará 20 anos de atividade.

Mas, antes, ele disse que quer quebrar o recorde de defesas de cinturão dos meio-pesados do UFC, atualmente nas mãos do aposentado Tito Ortiz. “Uma coisa que quero fazer é quebrar o recorde de Tito Ortiz e estabelecer o recorde de vitórias na minha próxima luta em novembro. Depois disso, quero entreter  fazendo superlutas e combates nos pesados”, declarou o campeão sem dizer quem seria o seu oponente para o desafio.

Jones conquistou a cinta do UFC  em 19 de março de 2011, quando nocauteou o brasileiro Maurício Shogun Rua. Depois disso, finalizou Quinton Rampage Jackson e Lyoto Machida, venceu o ex-companheiro de treino Rashad Evans por decisão unânime e derrotou Vitor Belfort ao aplicar uma americana no UFC 152, em 22 de setembro do ano passado.

Nota do blog: Com uma superluta agendada para novembro e os constantes boatos sobre uma luta contra Anderson Silva, cabem aqui uma constatação e uma pergunta: todas as vezes que Jones lutou contra brasileiros – e já são cinco oportunidades -  incluindo André Gusmão e Carlos Eduardo, o norte-americano saiu com o braço levantado. Seria o “Spider” outro tupiniquim a engrossar a lista de brasucas derrotados pelo gringo?



Besouro finaliza Pedro Iriê no 1R e Time Minotauro empata placar no TUF

Artur Dantas,
Considerados os destaques da etapa seletiva do TUF Brasil 2, Luiz Besouro (Time Verde – Minotauro) e Pedro Iriê (Time Amarelo – Werdum) fizeram um combate bastante movimentado, porém curto. A exemplo da semana passada, quando William Patolino despachou Thiago Marreta, a vitória ficou com outro representante do time verde. Dessa vez, Besouro encaixou um mata-leão justo no oponente e empatou o placar da segunda edição do programa.
 

Na sexta luta, os dois partiram para a ação logo nos segundo iniciais  e foi Iriê quem tomou a iniciativa. Caminhando para frente e tentando encaixar os cruzados, o atleta  do time amarelo foi contragolpeado com um jab de esquerda. A partir daí o que se viu foi um equilíbrio nas ações em pé.

Entretanto, aproveitando um descuido de Pedro, Besouro encurtou a distância e levou o combate para grade, onde ambos trocaram joelhadas e cotoveladas no clinch. Com o combate à média distância, Luiz novamente caminhou para cima e levou a luta para baixo.

No chão, tentou trabalhar o ground and pound, mas levantou e Iriê tentou cortar a ação com as “pedaladas”. Com mais calma, Besouro buscou o solo novamente, dessa vez trabalhando na meia guarda. Em resposta, o lutador do time Werdum buscou grampear os braços do oponente para evitar os golpes.

Em um dessas tentativas, Besouro foi mais rápido e ensaiou uma americana, defendida por Pedro. Porém, ao tentar mudar a posição, Iriê “deu” as costas e foi pego em um justo mata-leão até a intervenção do árbitro Mário Yamasaki.



Assista aos melhores momentos de Bendo, Thomson e Mir vs Cormier

Artur Dantas,

Pessoal, seguem os highlights de três lutas do card principal do UFC On FOX 7, realizado neste sábado (20). Abaixo, vocês poderão conferir os melhores momentos dos combates entre Ben Henderson e Melendez, Frank Mir vs Cormier e Nate Diaz contra Josh Thomson. A fonte dos vídeos é o site MMAJunkie.


Ben Henderson vs Gilbert Melendez 

Frank Mir vs Daniel Cormier

Nate Diaz vs Josh Thomson


Bendo, Mir e Thomson lideram salários no UFC on FOX 7; confira bolsas dos atletas

Artur Dantas,

O UFC realizou a 7ª edição na FOX, neste sábado (20), com um dos melhores cards principais dos últimos eventos. Os destaques foram para os combates entre o campeão dos leves, Benson Henderson, e o ex-campeão da mesma categoria no Strikeforce, Gilbert Melendez, e o embate entre Nate Diaz vs Josh Thomson. Ainda no card titular, o ex-campeão dos pesados, Frank Mir, lutou com Daniel Cormier e perdeu por decisão unânime em uma luta morna de ambos os lados.

Apesar da derrota, Mir embolsou US$ 200 mil, mesmo valor recebido por Bendo. Já Thomson ficou com “apenas “ US$ 95 mil pelo nocaute técnico sobre o Diaz mais novo.  Confira abaixo a lista com os salários de todos os atletas que aturam no UFC on FOX 7 deste final de semana.

Ah, só para constar, os bônus da noite foram para Thomson e Yoel Romero, pelos nocautes da noite, e para Matt Brown e Jordan Mein pela luta da noite. Cada um dos quatro atletas recebeu US$ 50 mil. Os salários divulgados não incluem seguro, cotas de patrocínio, participação de pay-per-view e outras somas.

Salários do UFC on FOX 7:

Benson Henderson: $200,000 (incluindo bônus pela vitória de $100,000)

derrotou Gilbert Melendez: $175,000;


Daniel Cormier: $126,000 (incluindo bônus pela vitória de $63,000)

derrotou Frank Mir: $200,000;


Josh Thomson: $95,000 (incluindo bônus pela vitória de $10,000)

derrotou Nate Diaz: $15,000;


Matt Brown: $60,000 (incluindo bônus pela vitória de $30,000)

derrotouJordan Mein: $16,000;


Chad Mendes: $56,000 (incluindo bônus pela vitória de $28,000)

derrotou Darren Elkins: $24,000;


Francis Carmont: $38,000 (incluindo bônus pela vitória de $19,000)

derrotouLorenz Larkin: $23,000;


Myles Jury: $16,000 (incluindo bônus pela vitória de $8,000)

derrotouRamsey Nijem: $14,000;


Joseph Benavidez: $66,000 (incluindo bônus pela vitória de $33,000)

derrotou Darren Uyenoyama: $12,000;


T.J. Dillashaw: $28,000 (incluindo bônus pela vitória de $14,000)

derrotou Hugo Viana: $8,000;


Jorge Masvidal: $60,000 (incluindo bônus pela vitória de $30,000)

derrotou Tim Means: $10,000;


Anthony Njorkuani: $36,000 (incluindo bônus pela vitória de $18,000)

derrotou Roger Bowling: $12,000;


Yoel Romero: $20,000 (incluindo bônus pela vitória de $10,000)

derrotou Clifford Starks: $8,000



Renan Barão intensifica treinos no Rio de Janeiro para luta no Canadá

Artur Dantas,

O lutador potiguar Renan Barão já está no Rio de Janeiro para a fazer a segunda parte da preparação para a próxima defesa do cinturão do peso galo do UFC, marcada para o dia 15 de junho, contra o americano Eddie Wineland. A intenção é fazer na academia Nova União trabalhos em todas as artes marciais e, ainda, melhorar a preparação física.

“Agora é intensificar o que Barão já vinha fazendo desde antes da luta ser marcada, em Natal. Ele teve pouco tempo de férias, de descanso mesmo. Voltou a treinar muito cedo, mas num ritmo mais leve. Agora, está na hora de aumentar esse ritmo. A luta está chegando e o objetivo é deixá-lo na melhor forma possível”, analisa o preparador físico de Barão, Breno Brígido, que mora em Natal, mas durante a preparação, viaja com o lutador para acompanhar de perto o trabalho físico.

Segundo Barão, com relação ao treino técnico, neste momento, a intenção é estar preparado para tudo. “Sou um lutador de MMA, por isso, tenho que está pronto para tudo, em todos os aspectos. Treino jiu jitsu, boxe, muay thai... Wineland é um lutador completo pelo que vemos e, por isso, vamos trabalhar várias áreas”, revelou Barão.

É importante lembrar que desde a última vitória no UFC, ocorrida em fevereiro deste ano, Renan Barão descansou pouco. Foi cerca de 10 dias de férias e, logo em seguida, retorno aos treinos. “Não gosto de ficar muito tempo sem treinar. Gosto desse ritmo de preparação, de estar focado em um objetivo”, afirmou Barão.

A luta entre Renan Barão e Eddie Wineland está marcada para o dia 15 de junho, na cidade de Winnipeg, no Canadá. Além da luta dos dois, que será a última da noite, valendo o cinturão interino do peso galo (até 61 quilos), o evento terá também o confronto de dois brasileiros: Maurício Shogun e Rogério Minotouro.

Fonte: assessoria de imprensa.


Sejam bem-vindos ao blog Gladius

Artur Dantas,
Reprodução

Fãs de ates marciais, como vão? Faz tempo desde a última postagem relacionada ao universo das lutas, mas estamos de volta. Desde dezembro fora do ar, o blog Nocaute deixa de existir da forma como vocês conheciam e, agora, dá espaço a uma nova iniciativa.

Com a oportunidade e o convite para integrar novamente o time de blogueiros do Portal Nominuto, resolvi mudar e dar vida ao blog Gladius, que representa apenas 10% de um projeto imaginado para execução em longo prazo.

Para criar o nome, busquei inspiração em um dos berços das lutas. Na Roma antiga, os gladiadores que se destacavam por suas habilidades nas lutas recebiam como prêmio o gládio, espada curta utilizada para acirrar ainda mais os combates e entreter o público.

Bem, o nome é novo, mas os objetivos do blog são os mesmos do antigo Nocaute: entretê-los e trazer para vocês, que me ajudaram a conseguir uma grande audiência com a antiga estrutura, uma boa leitura, curiosidades e o melhor do que circula nas artes marciais dentro e fora do Rio Grande do Norte.

Mais uma vez, sejam muito bem-vindos e, desde já, obrigado pelo apoio que recebi durante o período “offline”.

Vamos à luta?


881-886 de 886