Ponta Negra voltando ao normal

Leonardo Souza,

Por enquanto o calçadão da praia mais famosa de Natal não ficou pronto, mas Ponta Negra já respira outros ares. A orla antes invadida por estrangeiros em busca de prostituição, parece voltar a ser exclusividade para natalenses e turistas bem intencionados.

Um vendedor de crepes dançando de maneira irreverente - arrancando o sorriso de quem passa, o banhista jogando frescobol na areia molhada, as duas amigas na espreguiçadeira buscando um novo bronze ou a família que ocupa uma mesa, enquanto as crianças brincam na água. Uma praia normal, de tão normal nem parece Natal.

A gente nem estava mais acostumado com coisas normais por aqui e em meio ao trânsito caótico e o medo da violência, um lugar parece fugir do que todo mundo, infelizmente, já se habituou.

Ponta Negra é um destino para o natalense voltar a ter na rotina, é uma alternativa ao shopping super lotado e o escritório fechado. E de tão bacana que é, na praia os garis passam recolhendo a aguá de coco estampando um sorriso no rosto - É ou não é fora do normal? E o melhor: é aqui em Natal.

Segurança é quesito ainda modesto, mas policiamento tem e a guarda municipal também, todos aparentemente trabalhando com agrado. 

E um local reunindo tanta gente satisfeita faz constatar que algumas coisas estão voltando a ordem natural, ou pelo menos alguns lugares já estão, como é o caso da "nova" praia de Ponta Negra, menos violenta, mais limpa e bem frequentada. 

Imagina só na copa...


A+ A-