Segunda Divisão: dificuldades impostas pela FNF restringe número de participantes

Edmo Sinedino,

vanildao_09Foi realizado na tarde de ontem (terça-feira), na sede da FNF, a reunião do Conselho Técnico para definição do Estadual da Segunda Divisão de Profissionais. Nove equipes estiveram representadas, mas dificilmente todas tenham condições de disputa. Alecrim, Atlético Potengi, Centenário, Força e Luz, Parnamirim, Visão Celeste devem fazer parte da competição.

Também compareceram à reunião os representantes de Macau e Fluminense de Natal, equipes com pouquíssima chance de inclusão por conta de dívidas junto à CBF, além do Cruzeiro de Macaíba. E quando se trata de dinheiro, a FNF não abre mão. Até o dia 23 de agosto os clubes precisam garantir vaga por intermédio de ofício.

As dificuldades são imensas, e a FNF, como sempre, não dá qualquer tipo de incentivo, muito pelo contrário, dificulta. Cada clube, além das taxas altíssimas de participação, inscrição e transferência do "Cartório de José Vanildo" ainda têm que apresentar um estádio para mandar seus jogos com todas as liberações em dia.

Se temos somente Nazarenão, Frasqueirão e Arena das Dunas, me pergunto: onde vão jogar todos? O ABC cai ceder seu campo? A Arena vai abrir seus "portões de ouro" para uma Série B? Resta o Nazarenão, que já está sendo palco de vários jogos do Sub 19.

Como sempre, a FNF, que deveria, creio ser tarefa da entidade, providenciar meios para a realização dos seus campeonatos, se esquiva, diz não ter responsabilidade. Esse ano, pelo que se comenta, vai ser pior ainda, pois não haverá dispensa de taxas administrativas.

Definitivamente, fica a impressão de que a entidade não quer promover o futebol. Só lembrando, a Paraíba realiza sua Segunda Divisão de Profissionais com a participação de 12 equipes. Já o campeonato Sub 19 tem nada menos que 24 equipes disputantes. José Vanildo, o que será que diz disso?

A Série B nossa deve começar no final do mês de setembro, dia 28, e pode ter a participação de ABC e América, Sub 23, o que acho muito difícil devido ao momento muito negativo que vivem as duas agremiações de maior torcida do Estado.

O futebol do RN vive uma crise sem precedentes e o presidente da FNF, Vanildo da Silva, com toda sua prosopopeia,  dizendo ter certeza do sucesso da Segundona. O cartola parece estar vivendo em outro planeta, ou nestes tempos loucos de Brasil, preso em sua "bolha".

Foto: Iuri Seabra / FNF

Tags: america clubes estadios jose vanildo segunda divisao
A+ A-