Santos 0 x 3 Grêmio; o jogo do encantamento desta rodada

Edmo Sinedino,

sangrem_09Gente, os quatro jogos de hoje. Estiveram em campo três das melhores equipes do Brasil no momento - Flamengo, Santos e Grêmio. E que jogão foi Santos 0 x 3 Grêmio. Uma partida que, sem exagero, me lembrou, assim como Santos x Flamengo, semana passada, os grandes clássicos de outrora no futebol do Brasil. Pena que estamos restritos aos duelos envolvendo Fla, Santos, Grêmio e Palmeiras.

Os jogos

E esse Botafogo. Não sei porque ainda sofro. O único time do mundo que não tem base, que não tem ninguém surgindo, onde não se forma talentos, é isso mesmo? Ou são os cegos que enxergam, não escalam, não oferecem condições do meninos jogarem. Perdeu para o irregular, para não chamar fraco, São Paulo. 2 a 1, gols de Hernane, João Paulo empatou e Pablo fechou. Gil improvável nos acréscimos, lances de levatamento da área, quase impedido (quase impedido é ótimo), o atacante errou o chute, a bola cobriu Gatito, que ainda tocou nela de raspão. Coisas do Fogão. Menino e o Daniel Alves. O maestro, gênio, craque da Copa América, tudo isso dito pela grande imprensa, imaginem aí, nem contra um Botafogo de fogo morto ele consegue fazer a diferença. O Tricolor é quinto, com 35 pontos, também, e o Fogo é 10º, 27 pontos.

Flamengo soberano

O Flamengo venceu sua sétima partida seguida. Já estava preparando meu freio contra os exageros ao De Arrascaeta, mas hoje, reconheço, ele participou de forma bem efetiva nas jogadas de ataque. E olha, o Flamengo não repetiu as grandes atuações, e isso é normal. O jogo foi muito igual, com uma parcela maior de situações de gols, pelo menos no primeiro tempo, do Cruzeiro. Só que, crise, e tudo quase sempre dá errado. Gabriel marcou para o Fla em passe magistral de Gerson, Thiago Neves empatou num pênalti mandrake, não houve, e De Arrascaeta, passe de Arão, corta luz maravilhoso de Gabriel, marcou o segundo da vitória rubro-negra. Mengo, 45, liderança isolada; Cruzeiro, zona de risco, continua mais uma rodada, 17º, 18 pontos.

Corinthians não merecia

Não se pode antecipar nada em futebol. Nesse esporte tudo pode acontecer. Essa vitória injusta, absurda do Corinthians é exemplo acabado de que essa premissa é absolutamente verdadeira. Só um time jogou, mesmo a partida sendo mando do Timão, hoje timinho. Deu Bahia durante todo o jogo, só não venceu porque, sei lá, Roger Machado e alguns atletas, creio, ainda respeitaram demais. 2 a 1, um pênalti e um gol improvável,achado em que todos que participaram do lance, do Bahia, que não perdia a nove jogos, falharam feio.Corintthians, sem merecimento, é quarto, com 35 pontos; Bahia é sétimo, com 31. Marcaram Wagner Love, pênalti, Gilberto empatou, também de penal, e Claison definiu. Sim, no primeiro tempo ainda teve um outro penal, inclusive mais claro que o marcado, a favor dos baianos.

O jogão da rodada

Eu tenho um bocado de motivos para dizer que, algumas vezes, estou certo. O time do Grêmio é um deles. Digo desde o ano passado que, se Renato Gaúcho não mexesse tanto,  o Imortal poderia ter ganho mais coisas. Esse passeio no Santos é a prova. E os gaúchos estavam lá embaixo na tabela e eu o colocando entre os melhores do Brasil (desculpem a puxada de sardinha para minha brasa).

E o jogo? Merece mais um parágrafo. O placar moral, talvez uns 7 a 5 para o Grêmio. O Santos não merecia ter saído de campo sem marcar. Fico impressionado como esse Sampaolli, digam o que quiserem, consegue extrair tanto de um time que não tem tantos talentos assim. 

O primeiro tempo foi todo do Santos, todo, todo, todo. Se não teve chances, vamos dizer assim, claríssimas de gols, criou uma dez situações para quem sabe a diferença. O segundo tempo foi o Grêmio que mandou, mas o Peixe ainda chegava com muito perigo e teve boas oportunidades de marcar. Por isso, digo ser injusto o Santos sair de campo sem marcar. Linda partida de futebol, e olha que num gramado castigado. Parabéns aos jogadores e aos treinadores, que não são treineiros.

*Foto: twitter oficial do Santos


Tags: flamengo gremio palmeiras santos
A+ A-