O Flamengo sem os garotos, sem talento; e Felipão de volta

Edmo Sinedino,

O Flamengo troca seus garotos por estrangeiros. Eu já sei o resultado. Desta vez, parece, nem cheiro vai ter.

O time sem Paquetá e sem Vinícius Júnior. Sem alegria, sem criatividade.

Estrangeiros a bordo. Bons picolés de chuchu como o candidato a presidente. Está provado: não é Diego e nem Everton Ribeiro responsáveis pelo time andar.

Esse tal de Cuellar de titular absoluto e um treinador que, me parece, não tem carisma e nem moral para escalar os melhores realmente.

Uribe. Substituto á altura para Guerrero, mais do mesmo. E vai ver deve ser quase tão caro quanto.

Mas é assim o futebol do Brasil. A imprensa cega, idiota, todo jogo elege um estrangeiro melhor de alguns de nossos clubes.

E os treinadores se encarregam do resto. Pelo jeito, vamos passar muito mais tempo do que imagino sem ganharmos torneios importantes.

Será que alguém vai me desmentir nessa Libertadores? Espero que sim.

E Felipão está de volta. Claro, para o nível do futebol que os clubes brasileiros praticam hoje vai ser sempre ter lugar para os Felipão...

Ele ganhou do fraco Cerro, já vão começar a elogiar.




Tags: felipao flamengo junior palmeiras paqueta
A+ A-