O dono do clássico

Edmo Sinedino,

nomejoaoP_09Nem tinha certeza se o treinador Fancisco Diá iria começar a partida com o João Paulo, meia que, já na partida anterior, mesmo sem ritmo, causou boa impressão.

Ele começou jogando e foi até o final, sendo, inclusive, decisivo justamente nos minutos finais quando marcou o quarto gol da vitória super especial sobre o América, que entrou em campo como favorito no clássico desta quarta-feira.

Não tenho nenhuma dúvida: João Paulo fez a diferença. Jogador de muita movimentação, ótimo domínio de bola, dribles desconcertantes, veloz e bom finalizador. Tudo isso? Sim, no clássico esse rapaz fez tudo isso.

Os comentários após a partida, vejam só, mesmo de torcedores do ABC: não dura um mês em Natal. Esse é o medo real quando surge um atleta de qualidade em nosso futebol de poucas posses.

Resumindo: no primeiro ABC x América do ano o João Paulo foi decisivo em todos os sentidos. Nos gols, nas armações de jogadas, na qualidade de encontrar espaços livres, a facilidade de se livrar de marcações pesadas, de jogadores mais fortes como aconteceu hoje.

Ficou fácil hoje para a galera que escolhe o melhor em campo, pois o dono do jogo também foi o artilheiro. Todo mundo hoje, certamente, escolheu João Paulo como o craque da partida.

Os gols: no primeiro, ele recebeu livre na frente do goleiro Everton, fintou para o lado direito e rolou a pelota para morrer mansa nos fundos das redes. No segundo, recebeu passe de Goularte, dominou a pelota, bateu chapado no contrapé do Everton. Um outro belo gol.

Todos os méritos.

*Foto: Luciano Marcos/Equipe de comunicação do ABC

Tags: artilheiro classico dono gols joao paulo
A+ A-