FNF define a disputa do "torneio" Sub 17 que a entidade chama de Campeonato

Edmo Sinedino,

A FNF realiza o Campeonato Estadual Sub 17. Boa piada esse nome de Estadual. Um torneio que, para algumas equipes, vão se restringir a apenas três jogos. Classifica-se uma de cada grupo, portanto, as que ficarem fora terão atuado apenas três vezes.

Esse descaso da entidade com as bases é vergonhoso. Enquanto em quase todos os lugares do Brasil as equipes Sub 17 disputam uma média de 50 partidas por ano, por aqui, se muito, jogamos menos da metade desse número.

O Campeonato Potiguar da categoria em questão vai ser disputado por 12 equipes, poderia simplesmente ser jogado em pontos corridos, todos contra todos, o que impede? E tem mais, já viram a divisão dos grupos? Tudo errado.

O Grupo A tem Comercial, Cruzeiro, Alecrim e Monte Líbano. Mais tradicional o Alecrim. O Grupo B, Riachuelo, Natal, América e Atlético Potengi, o time rubro principal. No Grupo C, reparem bem, nada menos que quatro equipes fortes, de forças parelhas disputando uma só vaga -  ABC, Visão Celeste, Globo e Santa Cruz.

Erros para todos os lados.

A disputa

Assim como no ano anterior, o Estadual Sub-17, seguirá a mesma fórmula de 2018, com 12 clubes inscritos. O formato contempla três grupos com quatro times na fase inicial.  As equipes realizarão apenas jogos de ida dentro do próprio grupo e se classificarão os dois melhores. As outras duas vagas ficarão para os dois melhores terceiros do certame. Os oito classificados serão divididos em dois novos grupos – novamente com quatro clubes cada - só com jogos de ida e com dois clubes se classificando para a fase semifinal. 

Na fase de mata-mata, a semifinal será disputada em jogo de ida e volta, sem vantagem para um dos clubes. Ressaltando que a decisão do Campeonato Potiguar Sub-17 é disputada em jogo único e com mando de campo da FNF.







Tags: abc america globo sub 17
A+ A-