Fenapaf rejeita proposta dos clubes sobre férias e redução de salários

Edmo Sinedino,

Contraproposta de atletas rejeita corte de salários e pede garantias à CBF contra eventual calote. Situação complexa essa, muito dificilmente vamos ver acordo entre as partes. 

Se houvesse bom senso, o que é raro no mundo da bola, quem ganha mais contribuiria mais, e os que ganham menos nem teriam mudança em seus vencimentos, mas...

Em nota, federação nacional de atletas de futebol responde a ofertas feitas pela Comissão Nacional de Clubes. Confira o que pensam os representantes de jogadores. Nada de acordo.

A Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (FNAPF) rejeitou formalmente a proposta da Comissão Nacional dos Clubes (CNC) de redução de 25% dos salários dos jogadores durante o período de paralisação do futebol. 

Também rejeitou mudança no texto de férias, descartando os 20 dias, confirmando a manutenção dos 30 dias e mais 1/3 previsto na CLT.

O documento foi encaminhado nesta quarta-feira ao presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, representante da Comissão Nacional de Clubes (CNC).

Impasse entre clubes e jogadores exigirá liderança que não existe no futebol. Concordo com o que escreveu o jornalista Paulo Vinícius Coelho. A CBF, madrasta velha de guerra, "já tirou o braço da seringa" e não avaliza dívidas dos clubes. Servem para quê, CBF e federações?

*Com Globoesporte.com


Tags: clubes fenapaf ferias reducao salarios
A+ A-