Doente, Francisco Diá pode ficar de fora do clássico desta quarta-feira

Edmo Sinedino,

Complicada a situação do ABC, agora, além dos vários problemas de contusão dos jogadores, até mesmo o treinador, Francisco Diá, está entregue ao DM sentindo fortes dores em uma das pernas que o impediram de comandar a equipe na vitória de 2 a 1 sobre o Globo neste domingo.

Falei com o comandante do alvinegro e relatou seu problema, as fortes dores que fizeram ele passar a noite em claro, só melhorando após medicação prescrita pelo o médico do clube, Roberto Vital. Os remédios só aliviaram um pouco o problema, sendo que, nesta segunda-feira, pela amanhã, ele vai passar por exames mais específicos para descobrir a origem das dores.

Questionado sobre ficar de fora do clássico, Francisco Diá disse que iria de qualquer jeito. A presença do treinador, em campo, claro, é fundamental para um bom desempenho dos jogadores, mesmo sabendo da confiança que ele deposita em seu assistente, Romildo Freire.

Existe suspeita de problemas provocados por inflamação na coluna, hérnia de disco ou uno nervo ciático que, certamente, irradia para outras partes do corpo o deixando impossibilitado de locomover-se. A gente deseja uma rápido restabelecimento ao professor Francisco Diá.

PS: o mais incrível disso tudo é que o ABC atuou sem o seu comandante, Francisco Diá, e eu não vi uma nota sequer no próprio site do clube e nem nos noticiários, raríssimos, de nosso futebol. Mais um retrato da profunda crise que atravessa o nosso combalido esporte que já foi das multidões.

Tags: abc america classico dia doente
A+ A-