As Olimpíadas e Paralimpíadas de Tókio são adiadas para 2021

Edmo Sinedino,

As Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio 2020 foram oficialmente adiadas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) nesta terça-feira por causa da pandemia de coronavírus. A decisão, já esperada, atende aos anseios do mundo.

 A decisão foi tomada após uma teleconferência entre Thomas Bach, presidente do COI, e Shinzo Abe, Primeiro-Ministro do Japão, para resguardar a segurança de atletas, técnicos e de todos que participariam diretamente ou indiretamente das competições. 

A nota oficial não informa uma nova data para as competições, mas diz que deverão ocorrer até o verão de 2021.

- Nas atuais circunstâncias, e com base nas informações fornecidas hoje pela OMS, o Presidente do COI e o Primeiro-Ministro do Japão concluíram que os Jogos da XXXII Olimpíada de Tóquio devem ser remarcados para uma data posterior a 2020, mas o mais tardar no verão de 2021, para proteger a saúde dos atletas, todos os envolvidos nos Jogos Olímpicos e na comunidade internacional - diz o comunicado do Comitê Olímpico Internacional divulgada nesta terça-feira.

É a primeira vez, na era moderna, que acontece um adiamento dos jogos. Antes, apenas nos períodos de primeira e segunda guerra mundial o fato tinha se registrado.

Em 1912, Berlim, na Alemanha, ganhou o direito de sediar os Jogos de 1916. Porém, com o estouro da primeira Guerra Mundial, em 1914, a competição foi cancelada.

As Olimpíadas de 1940 estavam marcadas para setembro de 1940 em Tóquio, no Japão. Mas, em 1938, os Jogos foram remarcados para Helsinque, na Finlândia, visto que os japoneses estavam em uma guerra com a China. Meses depois, com a Guerra Mundial já em andamento, a Olimpíada foi cancelada de uma vez por todas.


Tags: guerra japao olimpiadas paralimpiadas tokio
A+ A-