Zé Teodoro não é mais técnico do ABC

Edmo Sinedino,

zeteodoro2_09No início da tarde desta quarta-feira, a diretoria do ABC e Zé Teodoro chegaram a um acordo e o treinador deixa o clube.

Diante dos últimos resultados, a situação do profissional ficou insustentável.

As críticas ganharam corpo e nas “entrelinhas” o dirigente Rogério Marinho deixava clara sua insatisfação com o trabalho do comandante.

Todos criticam Zé Teodoro, mas esquecem que desde sua chegada, com o clube em crise, ele recebeu poucos reforços.

Nos jogos mais recentes ficou evidente a necessidade de peças de reposição, coisa que o treinador nunca teve.

Considero o goiano um “milagreiro”, pois com o plantel que o clube potiguar tem não estar no G4 é surpreendente.

Assim como é absolutamente inacreditável, o time ainda disputar a Copa do Brasil, onde chegou às quartas de final.

Se o comando técnico do ABC for decidido pelo empresário Alex Fabiano, como muita gente coloca, o novo técnico deve ser Sidney Morais.

Se não, pode ser que nomes como Leandro Campos (excelente) e Roberto Fernandes sejam analisados.

Como sempre, potiguares – Hígor César, Wassil Mendes (que é pernambucano radicado) e Francisco Diá – não têm nenhuma chance.

Quando o ABC contratou Zé Teodoro me posicionei contra, mas reconheço seu trabalho e acredito que ele fez muito além do que eu esperava com esse grupo que o ABC tem.

PS: o repórter Frankie Marcone ao fazer essa foto dava o indicativo correto da saída do treinador. E se confirmou hoje. Zé Teodoro indo embora.


Afinal, quando a direção do ABC vai resolver contratar reforços?

Edmo Sinedino,

zeteodoro_091Acho que a diretoria do ABC vai esperar o time ser rebaixado para a terceira divisão para contratar?

Será?

Até quando o time natalense vai permanecer com jogadores de baixo nível?

Será que é algum complô para derrubar o treinador?

Não é possível. Não é possível que os dirigentes queiram isso para o clube.

Mas é o que parece.

O ABC não tem ala esquerda, tinha um ala direita e perdeu. Não tem meia.

E pior: trouxe um para jogar o ano que vem...

Faltam atacantes de verdade, pois Dênis Marques, depois de enganar em alguns jogos, só anda em campo.

E o Rodrigo Silva, jogando, parece uma piada de mau gosto.

A defesa não passa confiança. Se não são ruins de todo, mas todos os jogos tomam gols em jogadas absolutamente previsíveis.

Sim, e o ABC também não tem volantes. Tem dois rebatedores de bola de passe ruim.

Apesar de que,  acho eu, no banco de reserva tem coisa melhor.

Até quando, repito a pergunta?

Só espero que, se Zé Teodoro, por acaso, cair, que o novo treinador não seja indicado por Alex Fabiano, empresário.

E que não seja ele o responsável por mais uma “remontagem” do ABC.

Milagres não se repetem assim com tanta facilidade.



ABC perde em casa e crise se agrava

Edmo Sinedino,

abc_091Parece até combinação.

Depois do empate no clássico dos mais ruins de nossa história, o ABC também perdeu de 2 a 0.

Pior: foi em casa.

E para a mesma Ponte Preta que havia batido o América, também na Arena das Dunas, por 2 a 0.

O time de Zé Teodoro entrou em campo cometendo os mesmos erros e tomou um gol em cada tempo.

No primeiro, com dois volantes de passe ruim, laterais presos, e dois meias sem criatividade nenhuma, o alvinegro foi presa fácil para o bom time paulista.

O ABC até ensaia um bom começo de jogo, mas logo a Ponte Preta se organiza, anula as jogadas do time da casa e passa a mandar.

Faz 1 a 0, gol de cabeça e segura a bola, tocando, triangulando. O ABC faz “ligação direta”, como sempre.

Essa, a “ligação direta” parece ser a jogada ensaiada no time alvinegro.

No segundo tempo a coisa piora um pouco mais.

Entram João Henrique e Rodrigo Silva. Saem Somália e Dênis Marques.

Vai entender!

O time da casa fica apenas com Rogerinho na criação de jogadas. Eles insistem em achar que o Rogerinho é meia, não é.

A bola demora nos seus pés, ele conduz demais, e isso facilita demais a vida da Ponte Preta.

Sua defesa nunca é pega desprevenida.

Quando será que o ABC vai ter um meia de criação?

Um cara que faça o time andar, que pense, articule e seja rápido nas ligações?

Depois, para completar, o árbitro Diego de Almeida Real, do Rio Grande do Sul, dá uma ajudinha ao bom time da Ponte.

Ele viu pênalti num lance normal de tentativa de desarme. Marlon chegou na jogada, colocou a perna na frente do atacante para impedir o chute e desarmá-lo, foi atingido, caiu, mas o gaúcho deu pênalti.

Renato Cajá bateu e fez 2 a 0.

O ABC, depois que já passava dos 40 minutos, resolveu atacar.

Teve um chute na trave do João Henrique. O pênalti claro, não marcado. O jogador da Ponte, de braço aberto, interrompeu a trajetória da bola.

Algumas mais duas ou três inversões de faltas, e fim de partida.

O ABC, assim como o América, descendo a ladeira.



América perde em Goiânia e continua "descendo a ladeira"

Edmo Sinedino,

Eu sabia que depois do show de horrores do clássico, a coisa poderia desgringolar.

Um jogo ruim como aquele afeta de verdade.

A tendência é que as coisas piorem. E foi o que aconteceu. O América foi lento, incompetente e sem criatividade no primeiro tempo.

Tomou um gol cedo, aos 20 minutos, sentiu, e passou a jogar na base do “vai que dar”, não deu.

Melhorou um pouco no segundo tempo, até criou algumas situações de gols, e teve uma grande chance desperdiçada por Max.

O Atlético/GO sentiu o problema, o time ajustou a marcação, segurou o ímpeto no América e ainda achou um segundo gol no final.

Na segunda partida de Martelotte um novo fracasso, dessa vez agravada com a sua expulsão.

O treinador reclamou demais da arbitragem.



Pior que o ABC só a arbitragem do Diego de Almeida Real

Edmo Sinedino,

Um monte de babaca parece que fica esperando os árbitros do RN atuarem para os seus desabafos insanos.

Depois do clássico ouvi trezentas vozes conversando bobagens e criticando a arbitragem do Ítalo Medeiros.

Aí aparece um Diego de Almeida Real, “opera” desavergonhadamente o ABC, diante de sua torcida e, tenho certeza, ninguém vai falar nada.

O mal intencionado gaúcho inverteu e inventou faltas, marcou um pênalti que não existiu para a Ponte Preta, e deixou de marcar um claríssimo para o ABC.

No lance, o Marlon colocou a perna na frente, na direção da bola, teve essa mesma perna chutada pelo atacante da Ponte, e o cara deu a penalidade.

Muitos devem ter concordado, pois o “comentarista”, o de sempre, do Premiere, disse que foi pênalti.

No lance a favor do ABC, o defensor da Ponte, braço aberto, impediu a trajetória da bola. Ele deu escanteio.

Esse é bom.

Esse tipo de arbitragem agrada, e deve ter recebido até elogios de nossa imprensa.

No entanto, a péssima, desavergonhada arbitragem também não deve servir de desculpa.

O futebol que o ABC apresentou hoje era digno de tomar uma goleada.



Marconni Barretto: cobrei algumas coisas, ele não gostou, pediu para sair

Edmo Sinedino,

marconi_09Não conseguir falar com Hígor César, treinador, mas mantive um contato com o presidente e dono do Globo, Marconni Barretto.

O dirigente confirmou o desligamento do jovem treinador, dando como justificativa a falta de cumprimento de algumas diretrizes determinadas.

Perguntei se seria sobre escalação do time, Marconni garantiu que não.

“Não, não me meto em escalação da equipe. Cobrei do Hígor algumas coisas como horário e mais conversas com os jogadores. Ele não gostou. Hoje, perguntei porque não ia ter o treino para o que não jogaram, e ele disse que tinha decidido pela folga. Não concordei, e no começo da noite, em reunião, ele pediu para sair. Concordei”, narrou o presidente.

Perguntei sobre quem comandaria o time no domingo, Marconni disse que ainda estava resolvendo, mas não era coisa que o preocupasse.

O Globo, terceiro colocado no Grupo A3 da Série D, com 13 pontos, precisa vencer o Porto, segundo colocado, com 15, para se classificar.

A decisão é domingo, no Barrettão.

No meu entendimento, erraram dirigente e treinador.

Os dois poderiam ter sido mais habilidosos e pelo menos esperado terminar essa fase.

PS: liguei várias vezes para o técnico Higor César, mas não obtive sucesso. Sua versão do fato é muito importante também e será respeitada.


Essa eu não entendi: Hígor César pede demissão do Globo

Edmo Sinedino,

higor4_09Essa eu não entendi.

Hígor César pediu demissão do Globo.

Coisa muito séria deve ter acontecido para o calmo treinador tomar essa decisão.

Olha o presidente Marconi Barretto colocando “os pés pelas mãos”.

Uma notícia para lá de inesperada, afinal, o treinador Hígor César já deu várias mostras de competência.

Os resultados, pelo menos, os resultados do treinador (ver na matéria do site) poderiam ser respeitados.

Tentei falar com o técnico, por telefone, e não consegui.

O futebol é mesmo um "mundo cão".

Ver matéria do site:

Higor César não é mais treinador do Globo

Após reunião ocorrida na noite desta segunda-feira (15), o técnico Higor César se disse insatisfeito, entregou o cargo ao presidente Marconi Barretto e não mais comandará o Globo na reta final da Série D.

Acompanham Higor os preparadores físicos Jean Róbson e Adriano Galdino, o preparador de goleiros Henrique Siqueira e o fisiologista Lawrence Borba. O mandatário tricolor, por sua vez, confirmou não ter um substituto e só analisará a situação na terça-feira (16)

No cargo deste setembro de 2013, Higor César conquistou a divisão de acesso do Estadual do mesmo ano. Já em 2014, conquistou a Copa FNF, Copa RN e o vice-campeonato da elite do futebol potiguar, garantindo a equipe nas Copas do Brasil e do Nordeste de 2015, bem como o Brasileirão Série D do corrente ano.

O Globo volta a campo no próximo domingo (21), às 16h, no estádio Barrettão, contra o Porto-PE. Uma vitória simples garante a Águia de Ceará-Mirim na segunda fase da Série D.

Fonte: site do Globo FC.


Natal sedia Brasileiro de Judô

Edmo Sinedino,

judo-09No próximo final de semana, Natal vai sediar o Campeonato Brasileiro de Judô Sub-23. Ao total, 250 atletas de 25 estados estarão competindo nos dias 20 e 21 no ginásio Nélio Dias.

Para o presidente da Federação de Judô do Estado do Rio Grande do Norte (FJERN), Tibério Maribondo, o evento trará grande visibilidade para o estado.

"Com certeza será o evento de maior visibilidade do judô aqui no Rio Grande do Norte em 2014, além de 25 estados diferentes, teremos em Natal a presença de dirigentes nacionais da CBJ e presidentes das federações estaduais", destacou.

O campeão em cada peso garantirá a vaga na seletiva nacional para compor a seleção principal em 2015, fato este que garante o alto nível dos atletas participantes.

O RN contará na sua equipe com a participação do atleta da seleção brasileira de judô para cegos, Artur Silva, campeão mundial por equipes, no início de setembro, no Colorado-EUA.



Bomba! América/MG perde 21 pontos e cai para lanterna da Série B

Edmo Sinedino,

Uma declaração do Auditor presidente Paulo Valed Perry, me chamou muito a atenção no episódio da perda de pontos do América/MG.

“Procurei uma forma de não punir o América, uma pena dolorosa, mas não encontrei”. Como assim?

Um auditor não tem que procurar maneira de não tirar pontos de uma equipe. Tem que julgar e pronto.

Que estranho!

O América/MG utilizou de forma irregular o ala esquerdo Eduardo. Foi denunciado, e julgado hoje, no STJD, Primeira Comissão, perdeu 21 pontos.

Uma tacada para derrubar qualquer um.

O Coelho que sempre esteve brigando na parte de cima da tabela vai ter que jogar esse segundo turno todo para se livrar do Z4.

De qualquer forma, cabe recurso, e clube entra já na segunda-feira, e depois será julgando pelo Pleno do Tribunal.

Antes, oitavo colocado com 33 pontos, o time mineiro caiu para 12 pontos, na lanterninha da competição.

A nova composição do Z4:

17º - Icasa 20 pontos;

18º - Portuguesa 17;

19º - Vila Nova 14

20ª - América MG com 12 pontos. 

Com isso, claro, todos os clubes que estavam abaixo do América/MG subiram uma posição. Inclusive ABC e América, agora 12º e 15ª respectivamente.



Globo a uma vitória da classificação à segunda fase

Edmo Sinedino,

Agora, só depende do Globo.

O time de Ceará-Mirim joga em casa, diante de sua torcida, e com a vitória estará classificado à próxima fase da Série D.

O Porto de Caruaru não conseguiu vencer o Confiança, jogando em casa neste domingo, empatou de 1 a .

A igualdade deu chance ao concorrente.

Na classificação, o Confiança que já estava garantido na fase seguinte foi a 18 pontos, ficando o Porto com 15, enquanto o Globo tem 13.

Uma vitória simples, domingo, no Barrettão, basta para o Águia conseguir o objetivo.

A chance é real.

É encher o estádio e levar o debutando à vitória.



Sede da Garra Alvinegra sofre atentado

Edmo Sinedino,

Um caso, sério, de polícia.

A sede da torcida organizada Garra Alvinegra foi alvo de um atentado a bala.

O prédio fica localizada na Rua Gonçalves Lêdo, na Cidade Alta.

Na noite de sexta-feira para sábado, homens encapuzados desceram de um carro e atiraram várias vezes na parede do primeiro andar onde funciona a sede.

Ao mesmo tempo que atiravam eles perguntavam em altos brados: “tem algum abcdista aí?”

Nem é preciso dizer que o tiroteio deixou todos os vizinhos muito assustados.

É preciso, urgente, tomar uma posição radical contra as torcidas organizadas.

E os pais que têm seus filhos participando destas ditas torcidas também precisam fazer sua parte.

Com relação à facção Garra Alvinegra nunca vi, não é de meu conhecimento, qualquer envolvimento de seus membros em atos de violência.

Justiça seja feita.



Irresponsáveis "comentaristas" já dando o título ao Cruzeiro

Edmo Sinedino,

Comentaristas de futebol.

Puxa vida!

Rapaz, esse povo não tem jeito mesmo.

Ontem, antes do jogo São Paulo x Cruzeiro, na SporTV, estava zapeando, e parei um pouquinho para me estressar.

O André Lofredo fazia apologia ao time mineiro. E já garantia seu título, praticamente.

E não é só ele.

Como é que uma pessoa por ser tão obtusa a esse ponto?

Minha gente, o futebol é uma gangorra incrível, e ainda faltam 17 rodadas, 51 pontos a serem disputados.

São irresponsáveis demais.

Depois ficam com a cara mexendo, fingindo que não falaram nada.



Reparação: Rogerinho não tem razão em reclamar

Edmo Sinedino,

rogerin_09Deixa eu fazer uma reparação.

Comentei a entrevista de Rogerinho (foto), meia do ABC, suas queixas, e dei razão ao atleta.

Essa é a reparação: ele não tem razão.

Muito pelo contrário.

Conversei com pessoas que acompanham o dia-a-dia do clube, sabem tudo que acontece e essa fonte me contou a história real.

Me disse ele que Rogerinho não quer treinar.

Passa a semana, ou metade, dependendo do dia do jogo, no DM, e só “fica bom” para os coletivos e recreativos em véspera das partidas.

Por isso que Zé Teodoro, que já erra em escalá-lo, o tira sempre no segundo tempo.

Hoje, nem Pelé poderia jogar sem treinar, imagine o Rogerinho.

Por essas e outras que o Gilmar foi afastado.

E ouvindo o que me disse a fonte, me lembrei certa vez de uma conversa que tive com Roberto Vital, médico do clube, justo sobre uma contusão do Rogerinho.

Vital me dizia que tinha sido feito uma ressonância e nada havia aparecido, mas que, mesmo assim, o jogador dizia continuar sentindo.

As peças se encaixam.



Rogerinho está coberto de razão

Edmo Sinedino,

A entrevista do Rogerinho à Rádio Globo, reproduzida no blog do Marcos Lopes.

Concordo em gênero, número e grau.

É isso mesmo que acontece e vem se repetindo a cada jogo. O ABC, e não são só o volantes, só tem uma saída de jogo: chutão. “Ligação direta”.

Joguei de meia, e sei bem o mal que esse tipo de jogada causa a quem joga nesta posição.

O Rogerinho está certo. Para os meias criarem é preciso que a bola chegue redonda, rápida, e no chão.

Também concordo que ele não devia ter saído. Acho que Zé Teodoro errou de novo ao tirar João Paulo, que chuta no gol, deixando Dênis Marques.

Faz tempo que o DM9 está em marcha super lenta.

E digo isso com tranquilidade, pois fui o jornalista, que mais elogios fez a esse jogador por algumas atuações.

Onde anda aquele centroavante perigoso, habilidoso, rápido (falso lento) de algumas rodadas?

Zé Teodoro tem que repensar seu jeito de jogar, e de mudar também.

Está passando da hora do ABC ter mais um meia, de verdade, na ligação, adiantando e dando vai liberdade para o Rogerinho, para que ele seja um segundo meia e também meia-atacante.



Continuo convicto de que Max estava na frente de Madson (caído)

Edmo Sinedino,

luiz_09Recebi do leitor João Paulo o link do gol anulado pelo assistente Luiz Carlos Câmara Bezerra (foto).

Continuo com a mesma opinião.

Acho que Max estava na frente. Discordo dos caras do premiere, que disseram ter Luiz Carlos errado.

Aliás, discordo desses caras em quase tudo. Ele falaram muito mal da arbitragem, e entendo como discriminação, a velha e maldita discriminação que cega.

Ítalo Medeiros fez uma arbitragem boa, e não entendo tantas reclamações.

Não vi inversões de faltas e nem o pênalti reclamado, nem de longe.

Voltando ao gol de Max, anulado, para mim, quando a bola toca no Márcio Passos ele já está um corpo na frente do Madson, caído, no alto.

Claro, respeito todas as opiniões, mas acho que Luiz Carlos acertou.

Ele errou feito em um impedimento, quando levantou o bastão em lance que o jogador rubro saiu do seu campo.

Errou muito, nessa.

Vejam abaixo e tirem, também, suas conclusões.

https://www.facebook.com/video.php?v=10152729591157387&set=vb.716052386&type=2&theater



Martelotte, já pressionado, vai enfrentar seu ex-clube

Edmo Sinedino,

Definidas as arbitragens dos jogos de ABC e América pela 23ª rodada do Brasileiro. O alvinegro joga em casa, enquanto o rubro, precisando de recuperação, vai jogar fora, já lutando para não entrar na “zona da degola”.

O novo treinador Marcelo Martelotte, do América, reencontra seu ex-clube e já se vê em situação incômoda, pois foi muito criticado na estreia.

Série B: Arbitragem para rodada 23

Jogo - Atlético/GO x América.

Data - terça-feira 16/09 - 19:30

Local - Estádio Serra Dourada

Árbitro - Claudio Francisco Lima E Silva - SE (ESP-2)

Assistente 1 - Ailton Farias da Silva - SE (CBF-1)

Assistente 2 - Victor Oliveira Cruz - SE (CBF-2)

Quarto Árbitro - Everton Gomes da Silva - GO (CBF-2)

Jogo - ABC x Ponte Preta

Data - terça-feira 16/09 - 21:50

Local - Arena das Dunas

Árbitro - Diego Almeida Real - RS (CBF-1)

Assistente 1 - Jorge Eduardo Bernardi - RS (CBF-2)

Assistente 2 - Lucio Beiersdorf Flor - RS (CBF-2)

Quarto Árbitro - Leandro Saraiva Dantas de Oliveira - RN (CBF-1)



Globo vence na Bahia; agora, todos juntos "secando"o Porto de Caruaru

Edmo Sinedino,

Ainda tem esperança para o Globo.

O time de Ceará-Mirim venceu e se manteve na briga.

A situação é muito complicada, no entanto.

Neste domingo(14), o Porto, seu último adversário, com quem o Águia trava luta direta pela segunda vaga, enfrenta, em casa, o Confiança.

O time de Caruru tem 14 pontos. Se vencer vai a 17, e o Globo não pode mais alcançá-lo, e nem ao Confiança, que já tem 17.

Portanto, só resta do time de Hígor César torcer por uma vitória do time sergipano, ou empate.

O Globo foi a Vitória da Conquista e venceu o adversário de 2 a 0, fora de casa, neste sábado, gols de Ricardo Lopes e Vavá Metralha.

Vamos todos, juntos, “secar” o Porto neste domingo.

O Globo está no Grupo A4.



Basquete do Auxiliadora é bicampeão Estadual Sub-19

Edmo Sinedino,

No último dia 8 de setembro, o time de basquete do Auxiliadora de Natal, sob o comando do técnico Jucivaldo Félx, supercampeão, conquistou o bicampeonaot Estadual de Basquete, na categoria sub-19.

Para o técnico Jucivaldo, lenda viva do basquete potiguar, a vitória vei porque toda a equipe teve “união e humildade, os primeiros passos para ganhar o jogo”.


Na arbitragem, apenas um erro do assistente Luiz Carlos Câmara

Edmo Sinedino,

italo_09Até a arbitragem, quando o trio é potiguar, os caras que vêm de fora querem falar mal.

Aconteceram erros de arbitragem?

Um.

Tenho absoluta convicção.

Um impedimento marcado por Luiz Carlos Câmara. O jogador do América saiu do seu campo.

O gol de Max foi ilegal. Ele estava na frente do Madson, caído no lance.

Quando a bola resvalou no Márcio Passos, naquele momento ele estava um pouco na frente.

Os jogadores, como sempre acontece quando o trio é local, reclamam muito, tentam mandar no jogo.

Acho que Ítalo Medeiros (foto) foi bem.

E foi bem numa partida tão ruim, mas tão ruim que até fica muito difícil de ser conduzida.

Em alguns jogos acontecem verdadeiros escândalos, mas ninguém fala nada.


Muito ruim a estreia de Marcelo Martelotte

Edmo Sinedino,

martelo_09Que estreia ruim a do Martelotte.

Nunca vi um América tão sem motivação, criação e definição.

Uma defesa de alas sem passagens, um meio-campo preso, com um jogador só para criar, mas amarrando numa marcação simples.

Nenhum sinal de mudança para inverter a situação...

Um ataque jogando da forma mais previsível possível.

A impressão que deu, parece absurdo, mas foi, é que as duas equipes jogaram para não correrem riscos.

Não gostei da escalação e nem da forma que o time do América jogou sob o novo comando.

Muita coisa tem que mudar.


1-20 de 2888