O bolo da vovó

Carlos Alberto,

Lá se vão 55 anos que a minha avó me ensinou essa receita de bolo. Naquela época era muito comum se publicar em jornais. Nem todos liam, até porque não se interessavam muito. Outros não sabiam o por quê de uma receita de bolo ser publicada na mídia impressa. Bom, mas isso não vem ao caso agora. O que interessa é o Bolo da Vovó. Então vamos lá:

Pegue três ovos, leve-os a frigideira e os faça estrelado. Depois pegue a farinha de trigo, passe o rolo de fazer pastel três, quatro, cinco vezes sobre a farinha de trigo, ao ponto que se forme uma massa densa e tenra.

Em seguida, coloque sobre a massa os três ovos estrelados até que a massa absolva bem os estrelados (ovos). Feito isso, leve ao forno até que a massa de farinha de trigo crie uma textura leve de modo que não deixe dúvidas de que o bolo está fermentando e crescendo.

Aconselha-se antes de colocar a farinha de trigo no forno, colocar azeite de oliva na forma em substituição a manteiga e depois deixar em fogo brando. Quando estiver no forno, bom observar o comportamento da massa pra não deixar ela crescer muito. Mantenha o controle, é recomendável, segundo minha avó.

Bolo crescido, fermentado ao ponto, é hora do acabamento. Minha avó dizia que um bolo bem feito a massa não pode desfigurar. Se desfigurar é porque a massa não foi bem batida e, sendo assim, da próxima vez tem que se bater mais na massa pra ela ficar bem assentada.

Essa receita de bolo, que muitos chamam de Bolo da Vovó, alguns até de Bolo Estrelado, certamente por causa dos ovos estrelados, vez por outra é lembrado por alguém da família, digamos, aqueles saudosistas, e tem muitos.

Hoje não faltam bolos da vovó!

Acesse o blogdobarbosa clicando no link http://www.blogdobarbosa.jor.br

A+ A-