Governador-candidato Robinson Faria age de forma insensata quando dá crédito a FaKe News

Carlos Alberto,

Que um apresentador de programa, que um blogueiro, dê repercussão a Fake News, ainda se admite, mesmo tendo por obrigação checar a informação antes de levá-la a seu público ouvinte ou leitor, isto se ele for um profissional ético e preocupado com a verdade. Mas um governador de Estado e candidato a reeleição proceder irresponsavelmente e dar crédito a notícias falsas, única e exclusivamente para atingir uma adversária política, isso já é  insensatez.

Pois foi o que o governador do Rio Grande do Norte e candidato a reeleição, Robinson Faria (PSD), fez na entrevista que concedeu nesta quarta-feira (12), à InterTV Cabugi. O governador-candidato, talvez por ser afeiçoado a redes sociais tenha dado crédito a um áudio falso, que circula nas redes já há algum tempo sem procurar se certificar da veracidade do áudio.

Robinson Faria, de forma irresponsável ou talvez mal orientado, afirmou que o presidente do Sindicato do Crime, facção criminosa que atua no estado, declarou apoio a candidata Fátima Bezerra (PT), que lidera todas as pesquisas de todos os institutos de intenção de voto para o governo do estado. Robinson Faria está em terceiro lugar com percentuais de voto bem distante de Fátima Bezerra.

Só pra refrescar a memória do leitor, no dia 19 de agosto, publiquei na coluna e no blogdobarbosa um artigo que falava que a campanha para tentar desqualificar Fátima começava de forma aleivosa. Clique aqui para conferir. Mas pelo visto o governador-candidato extrapolou o limite da sensatez e encampou essa aleivosidade. Como disse no início do texto, que as vivandeiras do poder procedam desta forma, até se entende, mas um governador de Estado tem que ter responsabilidade para não sair por aí publicizando Fake News, até porque notícia falsa é crime.

Espera-se do governador Robinson Faria, um político experiente com mais de 30 anos de vida pública, um mínimo de equilíbrio e que não coloque em xeque sua reputação. Baixar o nível da campanha, já na reta final, para tentar reverter sua situação como candidato, que segunda a última pesquisa BlogdoBG/98FM/Consult chega a quase 40%  de rejeição - pra ser mais exato 38,8% -, e cujo governo é da mesma forma mal avaliado com 76,88% de desaprovação, é ser baixo e muito perigoso.

Me parece uma certa incoerência porque o próprio governo Robinson lançou uma campanha alertando a população contra a divulgação de boatos e Fake News. Parece que o exemplo não foi assimilado, ao menos pelo governador-candidato.

Acesse o blogdobarbosa clicando no link http://www.blogdobarbosa.jor.br

A+ A-