Carlos Eduardo Alves tem uma explicação a dar sobre processo engavetado no Tribunal de Justiça a seu pedido

Carlos Alberto,

O ex-prefeito de Natal e candidato a governador do Rio Grande do Norte, Carlos Eduardo Alves (PDT), tem uma explicação a dar aos eleitores do estado a respeito de um processo que foi engavetado, a seu pedido, no Tribunal de Justiça, conforme consta em gravação.

Trata-se de uma dívida, ainda da administração de Micarla de Sousa, com a empresa coletora de lixo Marquise, no valor de R$ 25 milhões. De acordo com Carlos Eduardo Alves, em conversa que consta em áudio que circula nas redes sociais, a prefeitura de Natal na época em que assumiu o cargo de prefeito devia mais de R$ 300 milhões.

"Se vocês executarem a dívida eu entrego a chave. Foi o que eu disse ao Ministério Público e, sobretudo, ao Tribunal de Justiça. Só a Marquise, que faz a coleta do lixo da zona oeste e ganhou os equipamentos da zona norte, tem mais de R$ 25 milhões pra receber ainda da administração passada transitado e julgado, mas engavetado a nosso pedido", disse Carlos Eduardo Alves a um grupo de servidores municipais em reunião no início de sua quarta gestão como prefeito da capital potiguar.

Que poder é esse que Carlos Eduardo Alves tem sobre o TJ para pedir um engavetamento de um processo e ser atendido? 

Ouça o áudio: https://www.youtube.com/watch?v=asabCYR1xD4

Acesse o blogdobarbosa clicando no link http://www.blogdobarbosa.jor.br

A+ A-