RN tem seis UPAS prontas sem funcionar

Diógenes Dantas,
Reprodução/TV Globo
Desperdício: As UPAS foram construídas e estão sem funcionar em Pau dos Ferros, Caicó, Santa Cruz, Lajes, Santo Antônio e Macau.

A saúde, ao lado da segurança pública, está entre os temas de maior preocupação dos brasileiros. Em especial, entre as mulheres, que são mães, donas de casa, trabalhadoras e que, de alguma forma, cuidam de pessoas.

Nesses tempos de campanha eleitoral, as promessas de maior investimento na saúde pública saem da boca dos políticos com muita facilidade. Muita coisa fica só no discurso oportunista de caça ao voto.

Quer saber de uma coisa? Quer saber de um mau exemplo na área da saúde?

O Rio Grande do Norte tem seis UPAs prontas sem funcionar, fechadas. A informação foi destaque na edição de domingo na Tribuna do Norte.

As UPAS (Unidades de Pronto Atendimento), programa do governo federal, foram construídas e estão sem funcionar em Pau dos Ferros, Caicó, Santa Cruz, Lajes, Santo Antônio e Macau.

Foram investidos quase 12 milhões de reais em recursos federais. Dinheiro público jogado fora.

São unidades que poderiam atender diariamente de 150 a 350 pacientes. Se fossem bem utilizadas, poderiam acabar com a chamada "ambulancioterapia" que lota os hospitais regionais, principalmente os da capital do Estado.

Os prefeitos das referidas cidades alegam não ter dinheiro para equipamentos, profissionais da saúde e manutenção das unidades.

Por que as prefeituras assinaram convênios com o governo federal para construir UPAS?

Os atuais gestores colocam a culpa nos antecessores, considerados irresponsáveis na hora em que assumiram os compromissos.

O custo mensal de uma UPA varia de R$ 400 mil a R$ 1 milhão de reais, dependendo do porte.

O Ministério Público Federal está investigando mais um descaso com as verbas públicas.

Neste caso, há uma claro exemplo de má gestão, de total desperdício.

Lembrei de um político que certa vez me disse em Brasília: "cerca de 40% do PIB brasileiro se perde em três ralos: desperdício, má gestão e corrupção".

Às vezes, as três coisas estão no mesmo sorvedouro.



DD.

Tags: RN UPA
A+ A-