CNJ investiga folha de pessoal e contratos do Tribunal de Justiça

Diógenes Dantas,
TJ
Desembargador Aderson Silvino entre a desembargadora Judite Nunes, governadora Rosalba Ciarlini e o desembargador Francisco Saraiva.

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte passa por nova investigação do Conselho Nacional de Justiça. Segundo o repórter Dinarte Assunção, em reportagem no Novo Jornal, o CNJ apura supostas irregularidades no setor de informática e na folha de pessoal do TJ.

Em inspeção de 2010, o CNJ constatou que o setor de informática descumpriu normas constitucionais em processos licitatórios - concorrência, tomada de preços, convite e pregões. 

O CNJ questiona também a folha de pessoal do tribunal nos últimos dez anos. Para conferir eventuais erros, o conselho pediu a listagem completa e separada por categoria dos servidores que são efetivos, cedidos e que exercem cargos comissionados.

Por enquanto, o desembargador Aderson Silvino, presidente da corte estadual, não se pronuncia sobre o caso.

A+ A-