Observatório: Patrulheiros das pesquisas questionam coisas de aluno da 5ª série

Diógenes Dantas,
Reprodução/TV Globo
Escolinha do Professor Raimundo: "É na escola que a gente aprende, a contar, a criar e a crescer/É na escola que nasce o desejo, de pensar, e de tudo saber…".

A série de pesquisas Seta/Nominuto vem provocando incômodo em profissionais da imprensa que nutrem certa simpatia pelo candidato Henrique Eduardo Alves (PMDB), um dos principais nomes da corrida estadual. 

No dia 21, quando a Seta/Nominuto apontou, pela primeira vez, o cenário de empate técnico entre Henrique (34%) e Robinson Faria (31,2%) no primeiro turno, atentos blogueiros questionaram a soma das intenções de voto que resultou em 100,1%. Não houve erro, como bem explicou Daniel Menezes, diretor do Instituto Seta de Pesquisas.

Segundo Menezes, a somatória da pesquisa pode superar em 0,1% os 100% porque o programa de tabulação (SPSS) usado pelo Seta apresenta os resultados até a primeira casa decimal e arredonda as demais.

O Datafolha já foi questionado por uma soma que deu 103%. O Ibope foi questionado várias vezes por motivo semelhante, e assim respondeu o renomado instituto:

"No caso da intenção de voto, a soma dos percentuais totaliza 101% devido ao critério de arredondamento dos percentuais, visto que não utilizamos em nossos relatórios os dados com casas decimais. Nestes arredondamentos, podemos ter casos que somam 99% (ou menos) ou 101% (ou mais), como no referido caso. O arredondamento é um conceito matemático básico, que determina que entre 0,0% e 0,4% são arredondados para 0%, enquanto os valores superiores a 0,5% são arredondados para 1%", informou o Ibope.

Portanto, os "patrulheiros das pesquisas" questionaram uma coisa sem o mínimo conhecimento técnico.

A mesma má vontade se verificou no último domingo (28), quando a Seta/Nominuto apresentou Henrique e Robinson praticamente empatados na corrida pelo governo neste primeiro turno. O candidato do PMDB tem 33% e o do PSD tem 32,3%. Na simulação de segundo turno, Henrique tem 35,4% e Robinson tem 35,2%.

Vixe, mainha! Os atentos "patrulheiros das pesquisas" sapecaram manchetes do tipo "Instituto Seta não pesquisou Grande Natal, Seridó, nem litoral".

Meu Deus! O céu desabou na cabeça dos bacuraus.

Em nota, o paciente Daniel Menezes EXPLICOU a um dos blogueiros inquisidores. É bom ressaltar: ele não justificou o erro. Menezes explicou o questionamento típico de um aluno de quinta série:

Prezado Jornalista,

Há um grave equívoco em sua postagem sobre o último levantamento do Instituto Seta veiculado em parceria com o nominuto.com. A pesquisa trabalhou com quatro mesorregiões: Agreste, Central, Oeste e Leste. Estas regiões contemplam TODOS os municípios do RN. Por exemplo: a região metropolitana de Natal se encontra na mesorregião leste potiguar. É possível achar as demais citadas no mapa do IBGE. Envio o mapa no corpo do texto, para que não paire dúvidas.

Segue cidades pesquisadas nas mesorregiões:

AGRESTE: Nova Cruz, João Câmara, Santo Antônio, São Paulo do Potengi, Lagoa Salgada, São Tomé, Passa e Fica, Lagoa de Pedras, Japi, Lagoa D´anta, Coronel Ezequiel, Bento Fernandes. CENTRAL: Caicó, Currais Novos, Macau, Santana do Matos, Jardim de Piranhas, Carnaúba dos Dantas, São Bento do Norte, Fernando Pedrosa, Bodó, Santana do Seridó. LESTE: Natal, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Ceará-Mirim, Macaíba, São José de Mipibu, Canguaretama, Touros, Extremoz, Arez, Baia Formosa, São Miguel do Gostoso. OESTE: Mossoró, Assu, Apodi, Pau dos Ferros, São Miguel, Baraúna, Ipanguaçu, Alexandria, Patu, Tenente Ananias, Itajá, Portalegre, Antônio Martins, Itaú, Janduís, Encanto, Serrinha dos Pintos, Triunfo Potiguar, Venha-Ver.

Certo de que fará a devida correção,

Daniel Menezes

O questionamento dos "patrulheiros das pesquisas" mereceu uma gozada de Aldemir Freire, técnico do IBGE, no Rio Grande do Norte. Pelo twitter, Freire indagou:

"Bom dia. Alguém aí precisando de aulas de geografia do RN? Mesorregiões do estado: Oeste, Central, Agreste e Leste".

Aldemir Feire ainda passou a lição de casa: "Veja e localize no mapa abaixo uma das mesorregiões".

rn_mesorregioes_770

Kkkkkkkkkkkkkkkkk. Melhor rir do que chorar, mainha. Santa ignorância, Batman!

Os "patrulheiros das pesquisas" que desagradam os poderosos de plantão, na ânsia de desacreditar o trabalho sério de algumas pessoas, demonstram total desconhecimento sobre pesquisa de opinião. Antes de questionar ou lançar dúvidas, a turma precisa estudar mais ou voltar à sala de aula.

Que tal a escolinha do Professor Raimundo? "É na escola que a gente aprende, a contar, a criar e a crescer/É na escola que nasce o desejo, de pensar, e de tudo saber…".

Hoje (29), em Monte Alegre, um carro de som da campanha do deputado Henrique Eduardo Alves repetia a mensagem que a pesquisa Seta/Nominuto contém erro admitido pelo próprio instituto em nota. Como relatei neste texto, não há erro do instituto. Há, na realidade, um movimento para desacreditar a pesquisa, que reputo ser ato de simpatizantes ligados ao candidato do PMDB.

A série de pesquisas do Instituto Seta, em parceria com o portal nominuto.com, vai continuar até o fim deste pleito, seguindo as regras da Justiça Eleitoral. Na próxima sexta-feira (3), tem mais.


Ouça o podcast:


Manchetes da segunda-feira

Diógenes Dantas,

Nacionais:

epoca_29_9_14O Globo: Serviços já são 65% do orçamento da classe C

O Estado de São Paulo: Dilma é centro de ataques em debate marcado por tensão

Folha de São Paulo: Dilma não cumpriu 43% das promessas de 2010

Correio Braziliense: As armas dos candidatos para chegar ao 2º turno

O Povo: Vias para ônibus e ciclofaixas: Uma nova ordem para o trânsito de Fortaleza

Jornal do Commercio: Disputa pelo voto do eleitor indeciso

A Tarde: Salvador terá coleta seletiva de lixo


Revistas:

Veja: Todos atrás dela - Os indecisos decidirão

Época: Entrevista: Marina Silva

Istoé: Ética - Um conceito cada vez mais divorciado da política

Carta Capital: Corrida indefinida


Veja os números da mais nova rodada da Seta/Nominuto

Diógenes Dantas,
Reprodução/Gráfico/Seta
Na pesquisa estimulada, Henrique tem 33%, e Robinson aparece com 32,3%. Resultado aponta segundo turno.

Governo:

Os candidatos Henrique Eduardo Alves (PMDB) e Robinson Faria (PSD) estão praticamente empatados na corrida para o governo estadual, informa a Seta/Nominuto divulgada neste domingo (28). Na pesquisa estimulada, Henrique tem 33%, e Robinson aparece com 32,3%.

Robério Paulino (PSOL) tem 1,9%. Araken Farias (PSL) e Simone Dutra (PSTU) têm o mesmo percentual, 0,6%.

Brancos e nulos somam 22,8%, e indecisos (não sabe) totalizam 8,8%.

Espontânea

Na espontânea, Henrique aparece com 27,5% das intenções de voto, seguido por Robinson com 26,5%, diferença de apenas um ponto percentual.

Robério tem 1,6%. Simone tem 0,4%, e Araken, 0,2%.

gov_espon_7702

Brancos e nulos somam 18,8%, e indecisos totalizam 25%.

Segundo turno

Na simulação de segundo com os dois mais votados, Henrique e Robinson também estão empatados. O candidato do PMDB tem 35,4%, contra 35,2% dados a Robinson.

Brancos e nulos somam 20,5%, e indecisos são 8,9%.

gov_segundo_770

Rejeição

No quesito rejeição, Henrique lidera com 26,9%. Robinson é rejeitado por 15,5% dos entrevistados da Seta/Nominuto.

Robério Paulino tem rejeição de 6,2%; Araken de 4,5%; e Simone tem de 3,6%.

Brancos e nulos somam 23,2%, indecisos são 20,1%.

gov_rejei_7702


Senado:

sen_estim_770

Fátima Bezerra (PT) mantém 10 pontos percentuais de vantagem sobre Wilma de Faria (PSB), informa a Seta/Nominuto divulgada neste domingo (28). Na pesquisa estimulada, a petista tem 37,4% das preferências, contra 27% de intenções de voto na ex-governadora.

Roberto Ronconi (PSL) está com 1,6% (Ronconi ainda aparece na pesquisa porque a decisão do TRE de cassar seu registro ocorreu durante a coleta dos dados ).

Ana Célia (PSTU) tem 0,6%, e Lailson Almeida (PSOL) tem 0,5%.

Brancos e nulos somam 23%, e indecisos (não sabe) totalizou 9,9%.

Espontânea

Na pesquisa espontânea, Fátima tem 29,7% das intenções de voto, seguida por Wilma com 21%.

Ronconi aparece com 1,1%. Ana Célia está com 0,5% e Lailson com 0,3%.

sen_espon_7701

Brancos e nulos somam 19,5%, e indecisos totalizam 27,9%.

Rejeição

Wilma já lidera quando o assunto é rejeição. A líder do PSB é rejeitada por 26,6% dos pesquisados da Seta/Nominuto.

Lailson tem rejeição de 14,3%, seguido por Fátima com 13,8%.

Ronconi é rejeitado por 8,3%, e Ana Célia por 2,7%.

sen_reji_770

Brancos e nulos somam 21,6%, e indecisos totalizam 12,7%.


Presidência da República:

presi_estimu_770

Dilma Rousseff (PT) tem mais de 30 pontos percentuais de vantagem sobre Marina Silva (PSB) no 1º turno, aponta Seta/Nominuto neste domingo (28). Na pesquisa estimulada, a candidata do PT à reeleição tem 51,1% das intenções de voto no Rio Grande do Norte.

Marina aparece em segundo com 19,9%, e Aécio Neves (PSDB) tem 8,2%.

Os demais candidatos ao Planalto não pontuaram. Brancos e nulos somam 13,6%, e indecisos (não sabe) totalizaram 6,4%.

Espontânea

Na pergunta espontânea, Dilma tem 48,2%, seguida por Marina com 17,7%. Aécio tem 7,9%.

Os demais candidatos não pontuaram. Brancos e nulos somam 10,5%, e indecisos totalizam 14,7%.

presi_espon_770

Segundo turno

Na simulação de voto no segundo turno, Dilma tem 53,2% contra 22,9% de intenções em Marina.

Brancos e nulos somam 16,4%, e indecisos totalizam 7,5%.

presi_segundo_770

Rejeição

No Rio Grande do Norte, Marina é a candidata mais rejeitada: 22,8% dos eleitores disseram que não votam nela de jeito nenhum.

Dilma tem rejeição de 16,9%, seguida por Aécio com 15,4%.

Pastor Everaldo (PSC) tem 5,2% de rejeição, seguido por Eduardo Jorge (PV) com 2%, por Levi Fidélix (PRTB) com 1,7% e por Zé Maria (PSTU) com 1,2%.

Os demais não pontuaram no quesito rejeição. Brancos e nulos somam 16,6%, e indecisos totalizam 16,1%.

pres_rejei_770

O Instituto Seta de Pesquisas ouviu 1.700 eleitores entre os dias 23 e 25 de setembro nas principais regiões do Estado do Rio Grande do norte. A margem de erro da pesquisa é de 3% para mais ou para menos. O intervalo de confiança é de 95%. A pesquisa Seta/Nominuto foi registrada no TRE sob o protocolo RN 00035/2014.


Manchetes do domingo

Diógenes Dantas,

Locais:

novo_28_9-14Tribuna do Norte: TRE calcula em 1m14s tempo médio para eleitor votar

Novo Jornal: Eleicões 2014 no RN custarão R$ 14 mi

Jornal de Fato: Mais uma decisão de intervenção da Apamim

Gazeta do Oeste: Tragédia: Acidente mata filho de ex-vereadora

O Mossoroense: Tragédia na BR-304


Nacionais:

O Globo: Indecisos e infiéis são os alvos na reta final

Folha de São Paulo: PF investiga ligação entre tesoureiro do PT e doleiro preso

Correio Braziliense: Com a queda de Marina, cresce confiança de Aécio

O Povo: Preconceito: O mal que aflige o Brasil

Jornal do Commercio: A semana decisiva

A Tarde: Bahia registra índice de 70% de recusa a doação de órgãos

Jornal da Paraíba: PMJP aumenta número de prestadores em 41%


Revistas:

Veja: Todos atrás dela - Os indecisos decidirão

Época: Entrevista: Marina Silva

Istoé: Ética - Um conceito cada vez mais divorciado da política

Carta Capital: Corrida indefinida


Pânico no PSB, informa Cláudio Humberto

Diógenes Dantas,

claudio_humberto_370O jornalista Cláudio Humberto, em coluna reproduzida pelo jornal Tribuna do Norte, da família Alves, aliada a Wilma de Faria nesta campanha, noticia neste sábado (27) uma informação que vai deixar a candidata ao Senado de cabelo em pé.

Intitulada "Pânico no PSB", a nota informa sobre um possível acordo de delação premiada do empresário George Olímpio com o Ministério Público Estadual no rastro da Operação Sinal Fechado, ocorrida em 2011, que investigou fraudes no Detran. Segue o texto na íntegra:

Pânico no PSB

Apontado como líder da quadrilha que teria pago propina a políticos e também fraudado licitações no Detran do Rio Grande do Norte, o empresário George Olímpio negociou delação premiada com o Ministério Público Estadual.

O lobista foi preso em 2011 na Operação Sinal Fechado, que revelou suposto envolvimento da ex-governadora Wilma de Faria (PSB), candidata ao Senado, e do filho Lauro Maia.

Ao publicar a nota do Cláudio Humberto, os Alves criam um baita embaraço para Dona Wilma na reta final da campanha. Desse jeito, ela vai chorar de novo.


Ouça o podcast:

Manchetes do sábado

Diógenes Dantas,

Locais:

folha_27_9_14Tribuna do Norte: Infectologista vê risco da nova febre chegar a Natal

Novo Jornal: Na mira do TCU, Hospital Militar segue inacabado

Gazeta do Oeste: Terceira intervenção na CSDR em menos de um mês

O Mossoroense: OAB propõe responsabilizar criminalmente gestores municipais pelo caos na saúde


Nacionais:

O Globo: Dilma amplia vantagem e passa Marina no 2º turno

Folha de São Paulo: Dilma sobe e abre 13 pontos sobre Marina no 1º turno

O Estado de São Paulo: Dilma abre 13 pontos sobre Marina no 1º turno e lidera no 2º

Correio Braziliense: Luiz Estevão terá que cumprir pena de 3 anos e meio

O Povo: Vereador preso acusado de sacar dinheiro de asesor

Jornal do Commercio: Fernando Bezerra passa João Paulo para o Senado

A Tarde: Bate-boca sobre ferryboat marca debate na TV Aratu


Observatório: Petrolão na agenda do ministro Teori Zavascki

Diógenes Dantas,
STF
Ministro Teori Zavascki analisa depoimentos de Paulo Roberto Costa para decidir sobre inquérito envolvendo parlamentares.

O ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal, deverá decidir, na próxima semana, se abre ou não inquérito contra os parlamentares acusados pelo ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa. A informação está publicada hoje (26) no jornal carioca O Globo.

Costa citou 25 políticos no mensalão da Petrobras, o chamado Petrolão. Entre eles, segundo a revista Veja, está o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves.

Paulo Roberto Costa prestou 100 depoimentos aos procuradores no acordo de delação premiada. Todo conteúdo já foi encaminhado ao ministro Teori Zavascki.

Na reta final da campanha, há quem reze para que o magistrado adie a decisão para depois das eleições. Também há quem rogue pela abertura do inquérito antes do dia 5 de outubro. Haja suspense!

Ouça o podcast:


Compra de votos

Sem medo de errar, o juiz José Herval Sampaio Júnior, autor da obra "Abuso do Poder nas Eleições", afirma categoricamente: "A regra geral nas eleições do país é a compra dos mandatos eletivos".

Sampaio diz que "a cultura de alienação do eleitor está arraigada em nossa classe política e o próprio eleitor parece que gosta de ser enganado, ou melhor, quer levar algum tipo de vantagem nesse processo".


Simulador

urna_virtual_370O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponibilizou na internet o simulador de votação na urna eletrônica. A ferramenta permite que o eleitor treine a votação da mesma maneira como vai acontecer no dia do pleito, mas com candidatos fictícios.

Para acessar o sistema basta entrar no site do TSE, na aba “Eleições 2014”, e clicar em “simulador de votação”. 

Lá, o usuário deve escolher o tipo de eleição que deseja simular, por exemplo, se ele quer treinar para eleger representantes dos cinco cargos em disputa ou optar pela simulação em que o cidadão vota somente para presidente da República, como voto em trânsito ou no exterior. 

A outra opção é a votação específica para os eleitores do Distrito Federal, que deverão escolher 24 deputados distritais. A ordem de votação é a mesma no dia da eleição. 


Nobre Deputado

O jornalista Carlos Alberto Barbosa, do Blog do Barbosa, registra o lamento do juiz Marlon Reis, autor do livro "Nobre Deputado", sobre a atitude do presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves, de entrar com uma representação contra o magistrado no CNJ (Conselho Nacional de Justiça):

"Lamento a decisão do presidente da Câmara. A melhor alternativa seria expulsar da Câmara os muitos deputados que praticam ilicitudes. Não há como negar a veracidade dos fatos que falei, porque foi um trabalho de pesquisa junto a parlamentares que por motivos óbvios não querem ser identificados. Melhor seria ter me chamado para fazer uma explanação na Câmara do que tentar cercear a liberdade de expressão", disse Marlon, que esteve em natal nesta sexta-feira (26).

Marlon Reis é um dos organizadores do movimento que resultou na Lei da Ficha Limpa.

Leia mais em blogdobarbosa.jor.br


Dono do passe

A Fifa anunciou nesta sexta-feira (26) que não será mais permitido a terceiros serem donos dos direitos econômicos de jogadores. 

Entende-se por terceiro qualquer um que não seja um clube. 

Empresários e grupos de investimento, portanto, não poderão ter propriedade sobre passe de atleta de futebol. 

Os agentes poderão continuar intermediando transferências e recebendo por isso, mas jamais deter qualquer percentual dos direitos sobre o jogador.


Futurologia

wilma_santa_370De um observador da cena política: "Se Wilma perder a eleição para o Senado, pode anotar: ela será candidata à Prefeitura de Natal daqui a dois anos. E ela começa a se afastar dos Alves ainda no segundo turno da eleição estadual. Quem viver, verá".


Futurologia 2

Nem bem encerramos a atual campanha e já há quem aponte cenários para as eleições municipais de 2016. O prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), candidato natural à reeleição, poderá enfrentar dois nomes de peso: Wilma de Faria (PSB), em caso de derrota agora, como apontam as pesquisas, e Fernando Mineiro (PT). Por enquanto, tudo não passa de miragem.


Torcida 

Palpite do professor Gaudêncio Torquato ao primo Silvio Torquato, secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, sobre a corrida presidencial:

"Dilma vence Marina no segundo turno por pequena margem de votos, mas vence".

Gaudêncio é ligado a Michel Temer, vice de Dilma.


Dilma lá!

A candidata Dilma Rousseff (PT) não vai cumprir agenda em Natal na reta final da campanha. O PT potiguar articulava a visita dela na próxima segunda-feira (29) num evento com Fátima Bezerra e Robinson Faria.

A prioridade de Dilma é a reta final no Sul e Sudeste, onde perde feio em estados como São Paulo. Hoje de manhã, Dilma se reuniu com Lula no Palácio Alvorada e definiu a agenda para os próximos dias: comícios e caminhadas em Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. O último comício oficial será em São Paulo, na segunda-feira.


Pra cima de mim não, violão!

Diógenes Dantas,
Arquivo/Nominuto
Ouvir os dois lados da notícia é a forma mais próxima de exercer a imparcialidade na cobertura jornalística.

Ao longo de 26 anos de profissão, como jornalista de todas as mídias, principalmente TV e rádio, sempre pautei o meu trabalho pela responsabilidade e seriedade. 

No exercício do jornalismo, eu sempre busquei a informação correta, ouvindo os dois lados da notícia. Desta forma, o profissional da comunicação chega próximo da imparcialidade, tão cobrada nos veículos de comunicação.

Minha escola foi a UFRN, foi a Rede Globo de Televisão, foi a Rede Bandeirantes, o SBT, a Rede Record, todas emissoras de Brasília.

Foram os bons profissionais que encontrei na Tribuna do Norte, Diário de Natal e demais veículos da imprensa local e nacional.

Foi esta formação que me possibilitou criar e consolidar o Jornal 96, que já completou jornal 12 anos de comprovado sucesso e ampla audiência, resultado do meu trabalho e da minha equipe. Tenho muito orgulho do Jornal 96.

Foi esta formação que me possibilitou criar e consolidar a TV Assembleia do Rio Grande do Norte, também de comprovado sucesso e reconhecimento no meio das TVs legislativas, resultado do meu trabalho e da minha equipe. Tenho muito orgulho da TV Assembleia.

Foi esta formação que me fez criar um portal de notícias no Rio Grande do Norte, o Nominuto, pioneiro em redação exclusivamente voltada para o on line. O Nominuto resiste por causa de sua enorme audiência.

Foi esta formação que me fez repórter, editor de política, colunista, blogueiro, apresentador de rádio e TV.

Foi esta formação que me levou a exprimir opinião firme e forte. Às vezes, polêmica, mas sincera e pautada na notícia. Opinião que é resultado da minha experiência.

Eu costumo dizer para quem trabalha comigo, que eu não brigo com a notícia. Ela é mais forte do que eu. Seja dura como for.

Sempre pautei meu trabalho nas campanhas políticas com seriedade. Nunca levei uma multa da Justiça Eleitoral por erro cometido na cobertura jornalística. Nos veículos onde trabalho, eu costumo abrir espaço para todos os candidatos, partidos e credos políticos. Dos poderosos aos nanicos.

Na reta final da atual campanha, me chegam notícias de muita pressão em cima de profissionais que, como eu, pautam seu trabalho com seriedade, relatando o que realmente se passa na corrida eleitoral.

Nunca aceitei pressão de político onde trabalhei: seja na Globo, no SBT, na Record, na Bandeirantes, na Tribuna do Norte, no Diário de Natal ou na 96 FM, minha casa há 16 anos - 12 anos de Jornal 96 e outros 4 no início da minha carreira, como redator, ainda nos tempos de faculdade. E assim devo me pautar sempre. Mesmo que eu tenha de abrir mão da audiência deste ou daquele veículo de comunicação.

Pra cima de mim não, violão!


Manchetes da sexta-feira

Diógenes Dantas,

Locais:

tn_26_9_14Tribuna do Norte: Expansão de rede d'água é suspensa em 3 cidades

Novo Jornal: Juíza dá liminar contra ICMS na conta de luz

Jornal de Fato: Prazo do consignado vai para seis anos

Gazeta do Oeste: Ministra apoia centros de artes em Mossoró

O Mossoroense: Morador de rua é atacado e foge com faca encravada na cabeça


Nacionais:

O Globo: Costa diz que recebeu US$ 23 milhões de empreiteira no exterior

O Estado de São Paulo: PF vistoria jato de candidato e Temer vê intimidação

Folha de São Paulo: Vice de Dilma acusa PF de intimidar filho de ministro

Correio Braziliense: Aposentados têm incentivo para se endividarem mais

O Povo: Ceará chega ao 50º ataque a banco

Jornal do Commercio: Pesquisa IPMN/JC: Paulo amplia vantagem em relação a Armando

A Tarde: Aposentados poderão pagar empréstimos em até seis anos

Jornal da Paraíba: Bancários entram em greve a partir de terça


Observatório: TRE convoca veículos e jornalistas para falar sobre o dia da eleição

Diógenes Dantas,

urnas_tre_370O Tribunal Regional Eleitoral vai realizar na próxima terça-feira (30), às 16h30, uma reunião com jornalistas, representantes de veículos de comunicação e dos partidos do Estado, para apresentar a logística da apuração do pleito, os procedimentos e regras adotadas para o dia das eleições.

Os juízes, promotores e servidores do tribunal vão abordar também a fiscalização, votação paralela e apuração.

O TRE anunciou a presença dos juízes que compõem a Comissão Apuradora das eleições Gerais 2014, magistrados Artur Cortez Bonifácio, Francisco Eduardo Guimarães Farias e Verlano de Queiroz Medeiros; a Comissão de Poder de Polícia, composta pelo magistrado João Batista da Silva, com o apoio do promotor eleitoral Manoel Onofre de Souza Neto e os servidores da 3ª Zona Eleitoral.


Central

A central de divulgação das Eleições 2014 vai operar no dia 5 de outubro 2014 (primeiro turno das Eleições) e, caso haja segundo turno, no dia 26 do referido mês.

A estrutura que será montada no terraço da sede do TRE consiste em espaço com mesas para os jornalistas desenvolverem suas atividades, dotada de rede de internet wi-fi e monitores de LCD com informações sobre a evolução dos votos em tempo real.


Segundo turno

Robinson Faria (PSD) tem comentado por onde passa que gente ligada a Wilma abriu diálogo sobre eventual segundo turno da eleição. A conferir.


Non-stop

O governo estadual comemora a promessa da GOL de um voo direto Natal/Recife/Natal, a partir de dezembro.

A direção comercial da companhia aérea anunciou o voo na 42ª edição da Expo Internacional de Turismo – Abav 2014, que acontece em São Paulo.


Construção

arnaldo_gaspar_jr_370O empresário Arnaldo Gaspar Júnior será reeleito presidente do Sinduscon (Sindicato da Indústria da Construção Civil) em chapa de consenso.

A reeleição está marcada para amanhã (26), das 9 às 15 horas, na sede do sindicato.

Larissa Dantas Gentile será confirmada como vice-presidente do Mercado Imobiliário, e Marcus Antônio Aguiar Filho como vice-presidente de Obras Públicas.

Além da direção, os filiados ao Sinduscon vão eleger o Conselho Fiscal e os Delegados Representantes junto à Fiern (Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte).

Junto à Fiern foram escolhidos: Titulares: Arnaldo Gaspar Júnior e Silvio de Araújo Bezerra. Suplentes: Marcus Antonio Aguiar Filho e Larissa Dantas Gentile.


Óleo de peroba

O candidato Robério Paulino (PSOL) está orgulhoso com a repercussão do vídeo sobre o "óleo de peroba" que daria ao adversário Henrique Alves (PMDB), um dos momentos mais engraçados do debate do SBT com os governadoráveis, na última terça-feira (23).

Robério disparou contra Henrique: "Candidato Henrique Alves, se isso aqui fosse óleo de Peroba (um copo d'água), eu daria um pouco para o senhor. A sua família está aí há 60 anos. O senhor é deputado há 44 anos. Por que não resolveu antes?".

O trecho do debate foi compartilhado por mais de 5 mil internautas, informou Robério. O Youtube registrava 1.485 visualizações até o momento desta postagem.

Veja o vídeo a seguir:



 
Micro e pequena

carlos_eduardo_sebrae_370Durante a solenidade de abertura do “Seminário de compras governamentais“, ocorrido na manhã desta quinta-feira (25), no auditório do Sebrae, o prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT) afirmou que uma das prioridades da atual administração municipal é apoiar às micro e pequena empresas. 

Ele destacou a revitalização das feiras públicas da capital, a reforma dos mercados das Quintas e da Redinha e a construção do Mercado Modelo das Rocas.

Na ocasião, o prefeito assinou com o diretor superintendente do Sebrae/RN, José Ferreira de Melo Neto, convênio de cooperação técnica para capacitar servidores municipais para Implantação de uma Política Pública de Compras Governamentais no Município de Natal.


De braços cruzados

Marta Turra, diretora do Sindicato dos Bancários em Natal, informou hoje (25) que todas as providências formais para a greve da categoria já foram tomadas. O indicativo aprovado marcou a paralisação para terça-feira (30). 

Os bancários apresentam duas propostas de reajuste salarial: uma de 35%, repondo perdas com a inflação, e outra de 12,5%. Os bancos ofereceram 7%.

Turra acredita que a paralisação será rápida. O comando nacional de greve é ligado ao PT, e a turma não quer atrapalhar a vida da candidata Dilma Rousseff. A última greve dos bancários durou 21 dias.


Descaso

O Hospital Infantil Varela Santiago voltou a sofrer com o atraso do repasse de recursos pelo governo estadual, através da Secretária de Estado da Saúde Pública (Sesap).

De acordo com o hospital, o estado assinou um convênio em maio deste ano, no qual se comprometia com um repasse de R$ 1, 8 milhão, porém, foram repassados, até o momento, R$ 60 mil.


Seta/Nominuto

Domingo (28), o portal nominuto.com vai divulgar nova rodada do Instituto Seta de Pesquisas sobre a eleição estadual. A seta ouviu 1.700 eleitores entre os dias 23 e 25 de setembro em todas as regiões do estado.

A pesquisa Seta/Nominuto tem margem de erro de 3% para mais ou para menos, e confiabilidade de 95%. Ela está registrada no TRE sob o protocolo RN - 00035/2014.


Os acessos ao novo aeroporto foram jogados às calendas gregas

Diógenes Dantas,
Ricardo Júnior/Nominuto
Os acessos deveriam estar prontos desde a inauguração do aeroporto, no final de abril. Agora, só Deus sabe.

O atual governo estadual tem se notabilizado pela enrolação nas obras de infraestrutura. O potiguar amanheceu hoje (25) com a notícia de que os prometidos acessos Norte (BR-406) e Sul (304) ao Aeroporto Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, vão ficar para 2015. Ou seja, a obra será concluída no próximo governo.

Isto é um absurdo! O calendário desta obra nunca foi cumprido. Sempre foi adiado. E, agora, não tem mais prazo.

Os acessos deveriam estar prontos desde a inauguração do aeroporto, no final de abril. As obras foram adiadas para maio, para junho, para julho, e para agosto. A gosto de Deus, só pode ser!

Os sucessivos adiamentos na obra provocam indignação em muitas pessoas. Eu sou uma delas.

O diretor do DER, Demétrio Torres, cansou de estabelecer prazos em entrevistas na TV e no rádio. E nenhum deles foi cumprido. 

O governo alega que as obras, orçadas em R$ 72 milhões, têm pendências com o Banco do Brasil (Proinveste), um dos agentes financeiros ao lado da Caixa Econômica Federal.

Por conta das pendências, a construtora EIT Engenharia tem tocado as obras a passo de cágado. Sem dinheiro, não há obra.

O atual governo ainda nos deve a conclusão do prolongamento da avenida Prudente de Morais, entre Cidade Satélite e Parnamirim, e a ampliação da avenida engenheiro Roberto Freire.

O norte-rio-grandense anda de saco cheio de tanta enrolação por parte de governos e de gestores que só ficam no discurso fácil e barato. Qual é a garantia que o futuro governador (a) vai entregar as obras em 2015? Em 2016? Em 2017, ou em 2018?

Rosalba passou quatro anos prometendo entregar o prolongamento da Prudente de Morais e as obras de acesso ao novo aeroporto. Ela entregou?

Com tantos adiamentos e aditamentos, as obras vão aumentando de preço. Isto sim, sai caro para a população!

Pelo visto, os acessos ao novo aeroporto serão jogados às "calendas gregas".


Ouça o podcast:



Manchetes da quinta-feira

Diógenes Dantas,

Locais:

novo_25_9_14Tribuna do Norte: Temperatura em Natal está 0,5º C mais alta

Novo Jornal: Acessos ao aeroporto só em 2015

Jornal de Fato: Nova fábrica deve gerar 1,2 mil empregos

Gazeta do Oeste: Justiça suspende segunda intervenção

O Mossoroense: Secretário quer solução para caos no Hospital da Mulher


Nacionais:

O Globo: Dilma usa discurso na ONU para autoelogios

O Estado de São Paulo: TCU vê indícios de superfaturamento em refinaria da Petrobras

Folha de São Paulo: Governo usa abono salarial para manobrar Orçamento

Correio Braziliense: Receita vai vigiar tudo que você gasta lá fora

O Povo: CNJ está no Ceará investigando venda de sentenças

Jornal do Commercio: Presos têm acesso a armas

A Tarde: Feira é a cidade do país com mais casos de febre africana

Jornal da Paraíba: Governo da PB paga R$ 1,2 mi a mais por aeronave


Se for derrotada, Wilma ameaça lavar as mãos em eventual 2º turno para governo

Diógenes Dantas,
Laurivan de Sousa
Ministro Garibaldi Filho demonstra sua "satisfação" em evento de campanha ao lado da candidata Wilma de Faria, no Parque dos Coqueiros.

"Tenho muita satisfação de estar aqui ao lado não da vice-prefeita, não da ex-deputada federal, não da ex-prefeita ou da ex-governadora, mas da futura senadora do Rio Grande do Norte", disse hoje (24) o ministro Garibaldi Filho (Previdência Social), na zona Norte de Natal.

Pela cara do ministro na foto acima, dá para ver o tamanho da "satisfação" dele ao lado de Wilma de Faria (PSB) em evento de campanha, no Parque dos Coqueiros.

Wilma tem cobrado empenho dos Alves na sua eleição, ameaçada pelo favoritismo de Fátima Bezerra (PT) nas últimas pesquisas. 

Se for derrotada, a vice-prefeita da capital ameaça lavar as mãos em eventual segundo turno de Henrique contra Robinson Faria. O peemedebista treme de medo só de pensar numa coisa desta. A conversa corre solta nos bastidores da campanha eleitoral. A conferir.


Wilma diz que as pesquisas são "mentirosas"; a declaração também vale para Henrique?

Diógenes Dantas,
Laurivan de Sousa
Wilma em evento de campanha na Zona Norte da capital: "Vemos estas pesquisas mentirosas para nos desestimular e influenciar o eleitor.

Dona Wilma, candidata ao Senado pelo PSB, sempre valorizou o trabalho dos institutos de pesquisa em suas campanhas, muitas delas exitosas. Mas a postura da candidata é outra na retal final da atual campanha. Em segundo lugar na corrida senatorial, Wilma tem reagido mal ao resultado da maioria dos institutos.

Ontem (23), em reunião na Zona Norte de Natal, Wilma disse o seguinte: “Vocês sabem que sempre trabalhei e por isso o povo sente saudade. Vemos estas pesquisas mentirosas para nos desestimular e influenciar o eleitor. Mas não sou mulher de baixar a cabeça e vou fazer o que todos estão acostumados a me ver fazendo: indo à luta. Tem muita gente cantando vitória antes do dia 5 de outubro e pensam que tenho medo. Mas só temo a Deus. Agora é hora de buscarmos os indecisos e espero contar com vocês, para, se Deus quiser, comemorarmos a vitória da união e do trabalho”.

Wilma diz que as pesquisas são "mentirosas". Não custa nada perguntar: a declaração vale também para os resultados que colocam Henrique Alves liderando as pesquisas para o governo?

Com a palavra, Dona Wilma.


Vende-se partido político?

Diógenes Dantas,

ronconi-Por decisão do juiz eleitoral Verlano Medeiros, Roberto Ronconi está fora da eleição para o Senado.

Ele concorria pelo PSL (Partido Social Liberal), presidido aqui no Estado pelo candidato ao governo, advogado Araken Farias.

Ronconi deixou de ser candidato porque o 1º suplente, Ricardo Farias, irmão de Araken, renunciou à candidatura por discordar da postura adotada pelo titular. Não sei a posição do segundo suplente.

Sem um dos suplentes, Ronconi está impedido de concorrer, como manda a lei. A chapa majoritária é indivisível.

Roberto Ronconi atribui a manobra dos irmãos Farias à sua postura anti-PT. O ex-candidato usou boa parte de seus programas no rádio e na TV para atacar Fátima Bezerra (PT), líder nas pesquisas.

Segundo Ronconi, o PSL é um partido corrupto, e sua candidatura ao Senado foi vendida pelo presidente da legenda, Araken Farias. Ele só não deixou claro quem comprou. O PT de Fátima?

A postura anti-PT de Ronconi deixou no ar que ele estava a serviço de outras candidaturas. Em recente entrevista na Band, ao repórter Robson Carvalho, ele foi indagado se estava trabalhando em favor da candidatura de Wilma de Faria (PSB), principal adversária de Fátima.

Ronconi jurou, de pés juntos, que não. Ele disse que nunca recebeu dinheiro de Wilma, mas admitiu que já gravou programas na produtora que presta serviços à ex-governadora. Quem está falando a verdade? Ronconi, o anti-PT, ou Araken Farias?

É por essa e outras histórias que partidos como o PSL são tachados de "legenda de aluguel".


Manchetes da quarta-feira

Diógenes Dantas,

Locais:

globo_24_9_14Tribuna do Norte: Irrigação é suspensa para garantir água a 34 cidades

Novo Jornal: Câmbio negro para ver o Fla: R$ 200

Jornal de Fato: CSDR deve reabrir no dia 1º de outubro

Gazeta do Oeste: Pesquisa mostra crescimento e virada de Robinson em Mossoró

O Mossoroense: Polícia Federal queima três toneladas de drogas


Nacionais:

O Globo: Dilma abre 9 pontos de vantagem sobre Marina

Folha de São Paulo: Doleiro do caso Petrobras negocia delação premiada 

O Estado de São Paulo: Dilma abre 9 pontos sobre Marina no 1º turno, diz Ibope

Correio Braziliense: Governo passa rombo de R$ 4 bi para conta de luz

O Povo: Quanto custam as promessas dos candidatos

Jornal do Commercio: Uma nova orla em novembro

A Tarde: Dívida com prefeitura poderá ser quitada em até 60 parcelas

Jornal da Paraíba: TCE vê irregularidade na aquisição de aeronaves


Certus: Henrique tem vantagem de 7 pontos, e Fátima dá de lavada em Wilma

Diógenes Dantas,

Governo:

ha_campanha_370Henrique Eduardo Alves (PMBD) tem 37,71% da preferência de votos no Rio Grande do Norte, na estimulada da Certus, em parceria com o Blog do BG e 98 FM. Logo abaixo vem Robinson Faria (PSD), com 30,85% da preferência do eleitorado potiguar.

Em terceiro vem Robério Paulino (PSOL), com 2,29%, Simone Dutra (PSTU) com 1,05% e Araken Farias (PSL) com 0,85%. 

Brancos e nulos somaram 15,42%, não responderam 11,50% e não souberam responder 0,33%.

Na espontânea o cenário não muda muito. Alves aparece na frente com 29,87%, enquanto que Robinson somou 22,88%. Robério vem terceiro com 1,37%, Simone Dutra com 0,52% e Araken Farias com 0,65%. 

Brancos e nulos foram 12,81%, não souberam responder 30,85% e não responderam 0,13%.


Senado:

fatima_campanha_370A candidata do PT, Fátima Bezerra aparece com 43,07% da preferência do eleitoral potiguar na disputa pelo Senado. 

Já Wilma de Faria (PSB) foi lembrada por 31,76% do eleitorado na pesquisa estimulada da Certus.

Professora Ana Célia (PSTU) apareceu com 1,44%, Roberto Ronconi (PSL) com 0,92% e Laílson de Almeida (PSOL) 0,59%. 

Brancos e Nulos 12,03%, não souberam 9,61 e não responderam 0,59%. 

A Justiça Eleitoral cassou ontem (22) o registro da candidatura de Roberto Ronconi.


Presidência da República:

dilma_vai_feder_330Na corrida pela Presidência da República, a candidata à reeleição, Dilma Rouseff (PT) leva vantagem para a segunda colocada, Marina Silva (PSB), no Rio Grande do Norte. 

De acordo com a pesquisa na estimulada, Dilma tem 48,89% da preferência do potiguar. Em seguida vem Marina com 21,57% e Aécio (PSDB) com 10%.

Pastor Everaldo (PSC) aparece com 0,78%, Luciana Genro (PSOL) com 0,33%, Eduardo Jorge (PV) com 0,26%, Zé Maria (PSTU), Eymael (PSDC) e Levi Fidélix (PRTB) somam 0,13% cada. Brancos e nulos 9,08%, não souberam responder 8,43% e não responderam 0,28%.

O levantamento foi realizado entre os dias 18, 19, 20 e 21 de setembro e, entrevistou 1530 eleitores em todo o estado. A pesquisa foi registrada no TRE (Protocolo RN 00032/2014) e TSE (Protocolo BR 0074/2014), com margem de erro de 3% (para mais ou para menos), com confiabilidade de 95%.


Henrique Alves corre risco de dar abraço de afogado em Wilma de Faria

Diógenes Dantas,

henrique_wilma_370A Tribuna do Norte traz a seguinte manchete na sua página de política: "Henrique pede a 'bacuraus' que ajudem a eleger Wilma".

No subtítulo da matéria jornalística, o periódico publica a seguinte pérola: "Candidato do PMDB destaca o quanto tem sido primordial para sua própria campanha a ajuda assegurada pela ex-governadora".

A realidade é outra. Gente próxima a Henrique teme que Wilma puxe o candidato do PMDB para baixo na reta final da campanha.

Movimento inverso ao de Fátima Bezerra (PT), líder da corrida para o Senado, que puxa Robinson Faria (PSD) para cima.

De acordo com a Seta/Nominuto divulgada no último domingo (21), Fátima abriu vantagem de mais de 10 pontos percentuais sobre Wilma, e Henrique lidera a corrida para o governo em situação de empate técnico com Robinson.

O apelo de Henrique em favor de Wilma pode ser fatal para o peemedebista neste primeiro turno. Há quem diga que pode ser o 'abraço de afogados'.


Manchetes da terça-feira

Diógenes Dantas,

Locais:

novo_23_9_14Tribuna do Norte: Prática de delitos entre menores aumenta 160%

Novo Jornal: Vice apela ao tapetão

Gazeta do Oeste: Empate técnico em Mossoró com Robinson na dianteira

O Mossoroense: Diretores do Hospital da Mulher entregam cargos a governadora

Jornal de Fato: Diretores do HM vão entregar os cargos


Nacionais:

O Globo: Para fechar conta, governo saca do Fundo Soberano

O Estado de São Paulo: Governo faz manobra com R$ 3,5 bi para fechar contas

Folha de São Paulo: Paulistanos são contra a demolição do Minhocão

Correio Braziliense: Tudo embolado na eleição do DF

O Povo: Poluição sonora: Mais de 152 mil denúncias este ano

Jornal do Commercio: Remando contra a maré

A Tarde: Número de multas na zona sul aumenta 858%

Jornal da Paraíba: Bolsa Família beneficia 1,69 milhão na Paraíba


Manchetes da segunda-feira

Diógenes Dantas,

Nacionais:

epoca_22_9_14O Globo: Dilma classifica erro do IBGE de banal

Folha de São Paulo: USP gasta mais com funcionário que com professor

O Estado de São Paulo: Empresas de energia terão conta extra de R$ 7 bi em 2015

Correio Braziliense: A briga dos candidatos pelos votos do Entorno

O Povo: 64% dos cearenses ainda não escolheram deputado estadual

A Tarde: Ferries importados da Grécia estão sem data para iniciar operação


Revistas:

Veja: As armas para a decisão

Época: Você sabe votar?

Istoé: O governador e o delator

Carta Capital: Dicionário eleitoral (para ingênuos)

1-20 de 2252