Idema libera mais de 500 licenças em projetos ambientais e licenciamento de parques eólicos

Airton Bulhões,

   O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (Idema/RN) informa que  desde o início do ano emitiu mais de 500 licenças. Além da demanda gerada no primeiro trimestre de 2019, os núcleos de licenciamento concluíram as análises de 158 processos referentes ao passivo ambiental de 2016 e 2017.

  O Núcleo de Apoio à Gestão Ambiental dos Municípios do RN-NAGAM  que no trimestre atendeu mais de 30 cidades, levando capacitações, oficinas e atendimentos aos gestores municipais.

  O Idema vem atuando fortemente no licenciamento para novos parques geradores de energia eólica no RN.

 No setor de energias e está prevista a instalação de cinquenta novos parques eólicos no RN até 2023, demandando investimentos da ordem de R$ 4 bilhões. Hoje existem 151 parques em funcionamento, produzindo 4 gigawatts, três vezes mais que a demanda interna. 

  O diretor geral do Idema, Leon Aguiar, afirmou que dentre os processos analisados, destacam-se licenças de interesse social, como as de pequenas barragens no município de Serra Negra do Norte, criadas na década de 80 sem a devida instrumentalização ambiental.

  Outro exemplo é a licença que permitirá a construção do aterro sanitário da região de Caicó. A obra beneficiará uma população de mais de 300 mil habitantes, atendendo os 25 municípios do Seridó.

SAIBA MAIS

   Na fiscalização ambiental do Estado, além de vistorias realizadas pelos fiscais do órgão e ações desempenhadas em parceria com a Companhia Independente de Proteção Ambiental (Cipam), o órgão reativou o serviço gratuito de recebimento de denúncias ambientais, e nestes três meses foram registrados mais de 250 casos através do serviço “Alô Idema” e  gerados 73 autos de infração. A ferramenta permite que a população formalize denúncias para coibir as infrações ambientais.


A+ A-