Guararapes tem receita líquida de R$ 1,6 bilhão no primeiro trimestre de 2019

Airton Bulhões,

  O grupo Guararapes que controla as Lojas Riachuelo tem lucro e no primeiro trimestre de 2019 teve melhora no mesmo período de 2018, apesar da crise a companhia registra alta de 8,4% na receita líquida total consolidada, atingindo R$ 1.622,6 milhões, e um Ebtida de R$ 188,8 milhões, crescimento de 6,5%, em comparação ao mesmo período do ano anterior.

  Ainda em um cenário de retomada gradual e impactado pelo período promocional dos primeiros meses do ano, a companhia mantém seus esforços nos índices de produtividade e no aprimoramento dos processos.

  O lucro bruto consolidado cresceu 7,3%, passando de R$ 968,5 milhões no 1T18 para R$ 1.039,2 milhões no 1T19. E as despesas operacionais representaram 39,4% da receita líquida, uma redução de 3,6 p.p.

  No período, a Guararapes registrou crescimento de 1,6% nas vendas em mesmas lojas (SSS), totalizando R$ 1.046,8 milhões. E como parte dos investimentos contínuos, o Grupo Guararapes teve capex total de R$ 62,9 milhões ante R$ 67,6 milhões relativos ao mesmo período de 2018.

  Do montante investido R$ 58,7 milhões destinados a Riachuelo, sendo R$ 25,2 milhões alocados em novas lojas, R$ 10 milhões em remodelações e R$ 10,4 milhões em infraestrutura de TI.

SOBRE A MIDWAY FINANCEIRA

No acumulado do primeiro trimestre de 2019, o resultado da operação financeira alcançou R$ 71,9 milhões, 1,7% maior que no ano anterior. O ticket médio do Cartão Riachuelo ficou em R$ 177,1, no mesmo período, e a base total de cartões atingiu 31,1 milhões de plásticos private label, sendo 144 mil unidades emitidas somente no primeiro trimestre de 2019. Ao final de março, a companhia totalizava 6,5 milhões de unidades do cartão co-brabded.


A+ A-