Mapa estratégico do turismo de Natal vai balizar ações para o segmento

Airton Bulhões,

   A Prefeitura de Natal, através da secretaria municipal de Turismo está lançando o “Mapa Estratégico Do Turismo no Destino Natal-RN” no início do segundo semestre deste ano.

   A visão apresentada pelo projeto tem como valores a cooperação, comprometimento, competitividade, inovação, sustentabilidade e ética. Além disso, o plano prevê que o destino Natal seja referência no Brasil em turismo de Sol e Mar até 2023.

  Faz parte do mapa o lançamento de um plano de marketing – ampliar a comunicação do destino junto ao mercado, sensibilizar o poder público para trazer melhorias na segurança pública em prol de uma melhor qualidade do setor turístico e desenvolver um banco de oportunidades e articular incentivos fiscais para poder diversificar a oferta de atrativos turísticos.

  Outras propostas são o fortalecimento do Conselho de Turismo – formalizar e executar três projetos no âmbito do conselho de turismo até 2019, implantação do observatório do turismo até dezembro deste ano e elaboração dos projetos da Orla Marítima até janeiro de 2019.

 SAIBA MAIS

O mapa conta com a coordenação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (SEMURB) e Secretaria de Planejamento Municipal. Além da parceria com demais secretarias do município e entidades ligadas ao turismo da cidade.

ebV3bQJ.jpg

Cientec começa no campus universitário dentro das comemorações dos 60 anos da UFRN

Airton Bulhões,

  Começa nesta quinta-feira ás 19h a 24ª edição da Mostra de Ciência, Tecnologia e Cultura (Cientec 2018) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).  

  O evento será realizado até sábado com a programação gratuita, aberta ao público e em comemoração aos 60 anos da instituição de ensino, são estandes, minicursos, oficinas e palestras, além de apresentações culturais. wWdY1hi.jpg

Com o tema anual “UF e RN do ontem ao amanhã – 60 anos de evolução”, a mostra acontece em junho, excepcionalmente, em alusão ao aniversário da UFRN, visto que o evento costuma ser realizado em outubro. Espaços de destaque são o Planetário, Fazendinha, Museu Câmara Cascudo, Museu de Morfologia, Parque da Ciência e Espaço Sebrae. 

  Segundo a coordenadora da Cientec, Maria de Jesus Gonçalves, a novidade deste ano é que o Congresso Brasileiro de Extensão Universitária (CBEU) vai ocorrer junto com a Mostra, trazendo um público de todo Brasil, para discutir “Extensão e Sociedade: Contextos e Potencialidades”.

  Além da parte científica uma extensa programa  será realizada na praça Cívica do Campus Central começando com o Grupo de Dança da UFRN, da Orquestra Sinfônica e do Madrigal da UFRN.

  Na sexta-feira  a noite começa com o Gaya Dança Contemporânea; depois, será a vez do GRUDUM da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), da Banda Alfândega, Nara Costa e Orquestra Sanfônica. No último dia da Cientec, 30, o Entre Nós – Coletivo de Criação sobe ao palco, depois vem a Tropa Trupe, Sueldo Soares e Plutão já foi Planeta.

  A Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (EDUFRN) realiza a terceira edição do projeto Ciranda de Livros. A ação consiste em uma troca de livros entre a editora e os visitantes da Mostra de Ciência, Tecnologia e Cultura (Cientec 2018).

  A ação é uma parceria com o projeto de extensão Trilhas Potiguares, que acontece em municípios do interior do estado, onde os livros doados ajudarão na formação de bibliotecas públicas de escolas. Dessa forma, a iniciativa reforça o compromisso da editora ao estimular a leitura e democratizar o acesso a sua produção editorial. 

As doações acontecem no espaço da editora, no terceiro pavilhão, nos estandes 37 e 38, das 8h às 22h, durante os três dias do evento. Para outras informações, o contato pode ser feito pelo telefone 3342-2221.

SAIBA MAIS

Confira outras informações da Cientec nas redes sociais ou no site do evento: http://www.cientec.ufrn.br.



Concessionária potiguar lança o Toyota Yaris no mercado natalense

Airton Bulhões,

   A concessionária potiguar Toylex  lança nesta quinta-feira para os consumidores natalenses o  carro do ano na Europa -  Toyota Yaris. O modelo veio para disputar um dos segmentos mais badalados do ano, o de Compacto Premium. 

   Enquadrado entre o Ethios e Corolla, o modelo será comercializado nas versões Hatchs e Sedã. Os preços variam de R$ 60 mil a R$ 80 mil.

  O carro entra na sua categoria de forma competitiva, levando em consideração que seus concorrentes não tiveram nenhuma inovação nos últimos anos. Além de que ainda conta com a tradição da marca, o que deve alavancar as suas vendas.

   "Estamos com uma alta expectativa com esse novo produto. O Yaris possui um design moderno aliando a alta tecnologia no seu conjunto mecânico. Além disso, vem muito bem equipado já nas suas versões de entrada. Sem contar que é um Toyota autêntico, com baixo custo de manutenção e alto poder de revenda, características que estão em nosso DNA" destacou André Morais, gerente geral da Toyolex.

  A Toylex  reúne nesta quinta- feira  a partir das 19h, no salão da concessionária, em Cidade Satélite convidados especiais para apresentar o mais novo produto da  gigante automobilística Toyota.

YGzzhFj.jpg

CEF abre a partir de agosto renegociação para estudantes inadimplentes com o FIES

Airton Bulhões,

Estudantes que contrataram o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e estão inadimplentes poderão renegociar, a partir do segundo semestre deste ano, as dívidas junto à Caixa Econômica Federal, agente financiador do fundo.

  Na avaliação do MEC, a permissão de renegociar os débitos é mais um importante passo para dar sustentabilidade ao Fies e fortalecer o fundo estudantil, que atualmente possui um total de 2,7 milhões de contratos e um elevado número de 453 mil estudantes inadimplentes, todos sem chances de negociar com a Caixa Econômica Federal. No momento, este índice de devedores equivale a um débito total de R$ 10 bilhões com o fundo.

  O secretário executivo adjunto do MEC, Felipe Sartori Sigollo, presidente do Comitês Gestor do Fies (CG-Fies), destacou a importância da medida e explicou que muito em breve os estudantes inadimplentes poderão solicitar a revisão dos débitos. “Ninguém quer ficar inadimplente, devendo o curso que foi financiado. A partir de agosto, o CG-Fies fará toda a normatização das regras para que os alunos procurem as agências da Caixa, façam a renegociação e normalizem sua situação junto ao Fies”, esclareceu.

  O diretor de gestão de fundos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Pedro Pedrosa, avaliou que a medida, além de beneficiar os estudantes, será determinante para o Governo Federal angariar mais recursos e solidificar a sustentabilidade do Fies. “O próximo passo é regulamentar as condições definidas pelo Comitê Gestor para que estes descontos que serão oferecidos sejam atraentes. Além de ser boa para os estudantes, essa renegociação pode acarretar em mais recursos para o Governo Federal e, quem sabe, a criação de novas vagas para o financiamento estudantil”, pontuou.




Meios de hospedagem cadastrados aumentam 54% após fiscalização do Ministério do Turismo

Airton Bulhões,

   O Ministério do Turismo informa que cresceu 54% o número de hospedagem cadastrados no Cadastur desde o início da “Operação Verão Legal” realizada pela Pasta e que visito até maio, estabelecimentos de 24 capitais brasileiras.

  A iniciativa também impactou no número total de cadastros incluindo outros segmentos. Atualmente, o Cadastur conta com 70.760 registros, marca histórica da ferramenta e que representa um aumento de 22% em comparação ao início da operação.

  A ação contou com a participação de sete fiscais da Pasta que visitaram 1,3 mil estabelecimentos.  Destes, 940 estavam irregulares e foram notificados. Pela Lei do Turismo, sete atividades turísticas são de cadastro obrigatório: guias de turismo, agências de turismo, meios de hospedagem, transportadoras turísticas, empresas organizadoras de eventos, acampamentos turísticos e parques temáticos.

Os estados com maior índice de regularização foram Paraná (88%), Piauí (87%)m Maranhão e Mato Grosso do Sul (83%) e Paraíba (80%). “Os altos índices de regularização confirmam que o trabalho em parceria entre governo federal e governos estaduais é altamente benéfico para o setor e gera resultados positivos para todos aqueles que trabalham com a atividade turística”, afirma a coordenadora-geral de cadastramento e fiscalização de prestadores de serviços turísticos, Tamara Galvão.

 “O crescimento expressivo de pessoas físicas e jurídicas credenciadas reforça que a ação inovadora do Ministério do Turismo encontrou respaldo em todo o setor que entendeu a importância de estar regularizado junto ao órgão máximo do turismo. Sempre tratamos a operação como uma ação acima de tudo de sensibilização sobre a importância da formalização para o desenvolvimento do setor”, explicou o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz.



Regime especial de piso salarial tem adesão de mais de duas mil empresas no RN

Airton Bulhões,

 Os empresários do Rio Grande do Norte ganharam um aliado a partir de abril deste ano com a implantação do Regime Especial de Piso Salarial (Repis), que permite que as Microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP) do setor de comércio e serviços pratiquem pisos salariais diferenciados, diminuindo os custos e permitindo a manutenção dos empregos gerados e a eventual realização de novos investimentos.mhsXKrw.jpg

 Mais de duas mil empresas já se cadastraram para aderir o Regime Especial de Piso Salarial, ferramenta implementada sob coordenação da Fecomércio RN. Destas, 1.450 concluíram o processo de adesão e estão aptas a usar novo modelo.

  O Repis é uma alternativa positiva para o empreendedor que precisa de um equilíbrio entre receitas e despesas, principalmente numa situação de mudança constante da economia. 

  A implantação do regime especial está acontecendo de forma escalonada por meio das negociações entre sindicatos patronais e laborais em todo o país para fechamento das convenções coletivas de trabalho.

   No Rio Grande do Norte, além do Sicomércio, outros sindicatos filiados à Fecomércio RN estão apresentando os benefícios do Repis aos seus associados e ressaltando os resultados positivos na contabilidade do empreendimento.

 O Sicomércio Rio Grande do Norte enxergou no Repis uma alternativa para os comerciantes enxugarem seus custos, que ficaram difíceis de serem cumpridos com a crise que abateu todo o país. Na negociação coletiva apresentamos a ferramenta, que foi aceita e logo depois divulgada aos associados e está tendo uma boa adesão”, explicou o presidente em exercício da Fecomércio e presidente do Sicomércio RN, Gilberto Costa.



Ypióca tradicional cachaça nordestina lança campanha de vendas para festas juninas

Airton Bulhões,

    A marca da cachaça Ypióca tradicionalmente nordestina reforça essa raiz ao lançar a campanha especial de São João onde um dos destaques é a edição comemorativa das latas de Ypióca que contam com ilustrações exclusivas co-criadas entre a agência de branding FutureBrand e quatro artistas regionais: Rafael Limaverde, radicado no Ceará; Chico Shiko, paraibano; Bel Andrade Lima, pernambucana e Andrea Ebert, do Rio Grande do Norte. zwoyhP0.jpg

  A assinatura habitual da marca “Se tem Ypióca, tem história” também se adaptou ao momento e está sendo substituída no período por “Se tem São João, tem Ypióca”. Esta compõe todo o desdobramento da campanha que acontece nos estados do Rio Grande do Norte, Ceará, Pernambuco e Paraíba com peças em pontos de venda, ambiente digital, outdoors, aeroportos e rádios. A marca também está presente como patrocinadora nos principais eventos do Nordeste, como o São João de Caruaru e Campina Grande.

  Os Estados escolhidos para serem representados nas ilustrações promovem as maiores festas de São João da Região. As latas ilustradas estão disponíveis nos principais pontos de venda desses quatro estados cada uma chega ao mercado com o preço sugerido de R$ 4,00 e contém 350ml de Ypióca Prata.

SAIBA MAIS

As saias das moças que se transformam na roda da quadrilha, as bandeirolas e os balões que dão brilho à noite de São João estão entre as inspirações da arte da potiguar Andrea Ebert.

   Bem como a linguagem do cordel nas letras das músicas, o zig zag da costura no tecido e os movimentos da sanfona e dos casais na quadra de dança. Andrea cita ainda a padronagem da palha do chapéu do matuto. “Lembrei também das viagens que fazia pelo interior do Rio Grande do Norte no período das festas juninas. Todas as casas tinham uma fogueira na frente que iluminava a rua e as fachadas coloridas das casas”, ressalta a artista potiguar.



Banco do Nordeste renegocia R$ 52 milhões de dívidas rurais com produtores do RN

Airton Bulhões,

  Foram regularizadas 2.010 operações no Rio Grande do Norte, totalizando o montante de R$ 52,4 milhões repactuados pelo Banco do Nordeste nas operações de crédito rural. Mais de 200 mil produtores rurais em todo o Nordeste e norte do Espírito Santo e Minas Gerais foram beneficiados com a regularização de 251,3 mil operações de crédito rural em atraso.  

   Pelas leis de regularização de dívidas, operações de crédito em atraso contratadas até 2011 podem ter descontos que chegam a 95%, em casos de liquidação, e abatimentos de até 80%, se a escolha for pela repactuação.

  Já as operações contratadas até 2016 podem ser prorrogadas, com prazo final para pagamento em 2030. "Esses são os instrumentos legais de regularização de dívidas mais abrangente nos últimos anos, que favorece tanto mini e pequenos como grandes produtores", salientou o presidente do Banco do Nordeste, Romildo Rolim.

 

 Parte dos produtores atendidos pelo Banco do Nordeste optou por repactuar suas dívidas. Foram 106,5 mil operações renegociadas perante 144,8 mil liquidadas, aquelas em que se decide pelo pagamento do saldo devedor.

  Uma vez regularizada a dívida, o cliente pode voltar a contratar novos créditos para investir em seus negócios, contribuindo para a dinamização da economia em toda a Região. Por isso, o Banco tem feito todo o esforço necessário para mobilizar o maior número de produtores a aderirem aos benefícios legais.

  A campanha de mobilização, que permanece intensa em toda área de atuação do Banco, inclui agências itinerantes, com visitas de campo de agentes de desenvolvimento, e eventos em parceria com sindicatos, associações, cooperativas, federações e confederações de produtores rurais.

LEIA MAIS 

A estimativa é que as leis de renegociação de dívidas já tenham beneficiado cerca de 1 milhão de pessoas no total. Quem deseja mais informações sobre as condições de renegociação ou liquidação de dívidas com o Banco do Nordeste pode procurar uma unidade da rede de agências do BNB ou ligar para o número 0800 728 3030.



Empresários do Alecrim fazem parceria com a Estácio para produção de projetos sustentáveis

Airton Bulhões,

    O bairro do Alecrim começa uma nova fase na execução de um projeto sólido que transforme sua fisionomia onde hoje tudo é ruim: ruas invadidas pelos camelôs;  falta de estacionamentos, péssima conservação do asfalto, entre outras mazelas que fazem os comerciantes reclamarem do muito que sempre é prometido e nada  é executado.

Empresários do Bairro do Alecrim (Aeba) firmou parceria com a faculdade Estácio Alexandrino onde será oferecido o acesso aos serviços gratuitos oferecidos pelos projetos de extensão e núcleos da faculdade, bem como toda a estrutura acadêmica está à disposição dos comerciantes.

  A iniciativa é decorrente do projeto Rede Parceira Estácio – Alecrim, que trabalha no estreitamento da relação da instituição de ensino com a comunidade no seu entorno. De acordo com Juliana Rocha, coordenadora do Rede Parceira, a primeira atividade a ser executada com a Associação dos Empresários do Alecrim será um diagnóstico do perfil comercial do Alecrim, para então serem planejadas ações de reestruturação do modelo de negócios da Associação e dos associados, junto ao projeto ‘Capacita Alecrim’, também da instituição. “É a comunidade dentro da faculdade assumindo o ‘Educar para Transformar’, propósito da Estácio”, afirma Juliana.

“O Alecrim está completamente desorganizado e extremamente carente de verbas públicas, o que torna a atividade empresarial um grande desafio. Mesmo sendo um importante centro comercial que gera impostos em valor expressivo, não se vê uma contrapartida em investimentos dos governos”, ponderou o presidente eleito da Aeba, Pedro Campos.



Petrobras começa processo de cessão de campos terrestres para a iniciativa privada

Airton Bulhões,

   A Petrobras  informa que está dando  início aos processos para a cessão da totalidade dos direitos de exploração, desenvolvimento e produção das concessões em quatro conjuntos de campos terrestres (Polo Fazenda Belém, Polo Macau, Polo Sergipe Terra 1 e Polo Sergipe Terra 3), localizados nos estados do Estados do Ceará, Rio Grande do Norte e Sergipe.

  Nesta etapa do projeto, os interessados habilitados na fase anterior receberão cartas-convite com instruções detalhadas sobre o processo de desinvestimento, incluindo as orientações para a realização de due diligence e para o envio das propostas vinculantes.

  A presente divulgação ao mercado está em consonância com a Sistemática para Desinvestimentos da Petrobras e alinhada às disposições do procedimento especial de cessão de direitos de exploração, desenvolvimento e produção de petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos fluidos.




Gasto anual somente com o Senado leva R$ 3,3 bilhões com o pagamento de salários e benefícios

Airton Bulhões,

   Qual o cidadão brasileiro que paga seus impostos em dia pode se sentir confortável tendo que sustentar uma casta de senadores O gasto anual do Senado com o pagamento de salários e benefícios supera R$ 3,3 bilhões. Cada um custa, em média, R$ 550 mil anuais

  Pois bem, os 81 senadores têm, atualmente, 3.277 assessores contratados sem concurso ou vínculo com o serviço público e pagos com o dinheiro do contribuinte. O que se vê é o empobrecimento da maioria dos brasileiros que são enrolados com esses bolsas famílias e outros programas sem futuro.

  São 1.375 comissionados e 299 terceirizados lotados nos gabinetes das excelências em Brasília – DF e 1.603 “aspones” nos “escritórios de apoio” dos parlamentares nos Estados. O número de boquinhas nos gabinetes equivale a mais da metade dos 6.070 servidores do Senado.

  Em média, cada senador tem 41 funcionários à disposição. É mais que a maioria das empresas brasileiras. E o contribuinte banca os salários. O maior empregador é um senador  do MDB que tem 82 assessores e quatro terceirizados em seus gabinetes. Outro do PROS tem 80 servidores, sendo 40 no gabinete em Brasília e outros 40 no escritório de apoio em Brasília. É uma sangria aos cofres públicos que deixa todos estarrecidos.

  Esse é  o Brasil que queremos ? É preciso uma REFORMA POLÍTICA urgente entre outras ações para reduzir o tamanho do Estado. As duas casas do Congresso consomem vorazmente tudo o que Brasil trabalhador produz.

   



UFRN é destaque no ranking de inovação do Instituto Nacional de Produção Industrial

Airton Bulhões,

   Mais uma conquista para a nossa  Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) que está incluída entre as 15 instituições a depositar mais registros de patentes de invenção e programas de computador em 2017 junto ao Instituto Nacional de Produção Industrial (INPI).

   O ranking foi divulgado no estudo “Indicadores de Propriedade Industrial 2018”, que coloca a UFRN em 11º lugar entre as depositantes de patentes de invenção, com o total de 30 pedidos, e na 15ª colocação entre as depositantes dos programas de computador, com 11 solicitações.

  O estudo foi realizado pelo INPI, órgão responsável pela comprovação de autoria e ineditismo de inventos com aplicabilidade industrial. Para deter a propriedade intelectual de um invento, é necessário aguardar a concessão da carta-patente, por meio da qual é possível realizar o licenciamento para uso aplicado nas empresas interessadas.

  No caso das universidades, estas se tornam titulares das patentes e podem celebrar transferência de tecnologia mediante o recebimento de royalties, conforme a Lei de Inovação Tecnológica 10.973/2004.

SAIBA MAIS

Dos 188 pedidos de patentes de inovação depositados pela UFRN de 2004 a 2017 no INPI, já foram conquistadas quatro cartas-patentes. Entre os programas de computador, até 2017,foram realizados 123 pedidos e 122 concessões.



Câmara Lojista muda horário do comércio natalense na primeira fase da Copa do Mundo

Airton Bulhões,

 

   A Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal e o Sindicato do Comércio definiram juntamente com o lojistas dos shoppings em Natal e o comércio de rua os horários de funcionamento do comércio  em dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo passará por modificação

  Os estabelecimentos comerciais fecharão 1 hora antes e abrirão 1 hora depois de cada jogo, isso nesta primeira fase do mundial. Caso a seleção brasileira avance para a segunda fase, haverá uma nova reunião entre os lojistas para definir um novo o horário de funcionamento.

VEJA O HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO COMÉRCIO NESSA PRIMEIRA FASE DO MUNDIAL

MIDWAY MALL

Dia 17/06 - Domingo Jogo de 15h às 17h Aberto de 11h às 14h* Reabre: às 17h (facultativo), às 18h (obrigatório)

Dia 22/06 - Sexta Jogo de 09h às 11h Abre às 11h (facultativo) Abre às 12h (obrigatório)

Dia 27/06 - Quarta Jogo de 15h às 17h Aberto de 10h às 14h Reabre: às 17h (facultativo) , às 18h (obrigatório).

·  As lojas que quiserem, poderão abrir antes do jogo no Domingo (17), a partir de 11h (facultativo). Para as lojas de Alimentação e Lazer será obrigatória a abertura às 11h.

NORTE SHOPPING

Dia 17/06 - Domingo Jogo de 15h às 17h Detran: Fechado Cinema: Conforme programação e transmitirá os jogos do Brasil. Fórmula Academia: 09h às 13h Operações que decidirem abrir durante o jogo: 10h às 21h Âncoras e megalojas: 10h às 14h | 18h às 21h Lojas e quiosques de alimentação e lazer que fecharão durante o jogo:10h às 14h (obrigatório) | 18h às 22h (facultativo) Demais lojas e quiosques: 10h às 14h (obrigatório) | 18h às 21h (facultativo)

Dia 22/06 - Sexta Jogo de 09h às 11h Detran: 12h às 20h Cinema: Conforme programação e transmitirá os jogos do Brasil Fórmula Academia: 5h às 07h | 13h às 22h Lojas e Quiosques de Alimentação e Lazer: 12h às 22h Âncoras e Megalojas: 12h às 22h Demais Lojas e Quiosques: 12h às 22h

Dia 27/06 - Quarta Jogo de 15h às 17h Cinema: Conforme programação e transmitirá os jogos do Brasil. Fórmula Academia: 5h às 13h | 19h às 22h Operações que decidiram abrir durante o jogo: 10h às 22h Âncoras e Megalojas: 10h às 14h | 18h às 22h Lojas e quiosques de alimentação e lazer que fecharão durante o jogo: 10h às 14h | 18h às 22h Demais lojas e quiosques: 10h às 14h | 18h às 22h.

PRAIA SHOPPING

Dia 17/06 - Domingo Jogo de 15h às 17h Aberto Alimentação e lazer a partir das 11hs Demais lojas abrem das 11às14hs Reabre lojas das 18 às 21hs

Dia 22/06 - Sexta Jogo de 09h às 11h Aberto Alimentação e lazer a partir das 11hs Abre lojas das 18 às 21hs

Dia 27/06 - Quarta Jogo de 15h às 17h Aberto Alimentação e lazer a partir das 11hs Demais abrem lojas das 10 às14hs Reabre lojas das 18 às 22hs.

VIA DIRETA

Dia 17/06 - Domingo Jogo de 15h às 17h Lojas e bancos abrem facultativa 12hs às 21hs Alimentação horário normal das 12 às 22hs.

Dia 22/06 - Sexta Jogo de 09h às 11h Lojas e bancos abrem das 12hs às 21hs Alimentação das 9hs às 22hs

Dia 27/06 - Quarta Jogo de 15h às 17h Lojas e bancos abrem das 12 às 14hs Reabrem das 18hs às 21hs Alimentação das 12hs às 22hs.

CIDADE JARDIM

Dia 17/06 - Domingo Jogo de 15h às 17h Lojas Abertas de 18 às 21hs Alimentação e lazer abre horário normal.

Dia 22/06 - Sexta Jogo de 09h às 11h Lojas abrem às 12h às 21hs. Alimentação e lazer abre horário normal. Dia 27/06 - Quarta

Jogo de 15h às 17h Lojas abertos de 09H às14hs Reabertura das lojas das 18h às 21hs Alimentação e lazer abre horário normal.

PARTAGE NORTE SHOPPING

 Dia 17/06 - Domingo Jogo de 15h às 17h Aberto de 11h às 14h30 Reabre: às 17h30 A praça de alimentação, play e cinema funcionam normalmente.

Dia 22/06 - Sexta Jogo de 09h às 11h Abre às 11h A praça de alimentação, play e cinema funcionam normalmente.

Dia 27/06 - Quarta Jogo de 15h às 17h Aberto de 10h às 14h30 Reabre: às 17h30 A praça de alimentação, play e cinema funcionam normalmente.

SHOPPING  10

 Dia 17/06 - Domingo Jogo de 15h às 17h Totalmente fechado

Dia 22/06 - Sexta Jogo de 09h às 11h Abre das 12 às18hs

Dia 27/06 - Quarta Jogo de 15h às 17h Aberto de 08hs às 14hs


Franceses visitam Guamaré e Maxaranguape para investimentos em projetos náuticos

Airton Bulhões,

  Os franceses capitaneados pela New Co Marine, através do seu presidente Jean Marie Barbero e o seu diretor geral, Sérgio Azeretto não desistem de aportar investimentos no Rio Grande do Norte. Especializados em estudos de viabilidade e de desenvolvimento de projetos náuticos como Marinas e estaleiros, visitaram os municípios de Guamaré e Maxaranguape.

  Antes, fizeram uma visita a área pertencente a um empresário que fica no lado da Redinha onde desembarcavam os passageiros da balsa para instalar uma Marina, mas o valor pedido pelo terreno tornou-se inviável.

  Já a Marina pública que a Prefeitura do Natal tem pretendido construir ao lado da Ponte Newton Navarro, depende de análise em audiência pública da ZPA7, porém está emperrado há 10 anos e até agora não foi apreciado pelo órgão de meio ambiente do município.

  O governador Robinson Faria vem dando todo apoio aos empresários do New Co Marine e escalou secretários para acompanhar os franceses. 

   Com interesse no RN o objetivo da visita do grupo foi verificar in loco a possibilidade da implantação de uma marina portuária em Guamaré e Maxaranguape. O interesse dos europeus para conhecer o município surgiu após um trabalho apresentado pela Secretaria de Turismo do município em 2017, ao empresário e procurador do grupo Fernando Bezerril.

O grupo New Co Marine tem como portfólio 46 marinas construídas e administradas sendo duas  sendo uma no Rio de Janeiro e outra em Salvador.

Em Guamaré, os empresários conheceram a urbanização da orla da Praia de Aratuá, as praias do Mioto e do Presídio e também percorreram a trilha das canoas, passeando pela rota das Gamboas. Foram ciceroneados pelo prefeito  Hélio Willamy e mais Fernando Bezerril-Ex-Secretário de Turismo de Natal, procurador do grupo no Brasil e Alexandre Franco-Diretor Imobiliário.Qp94Z9U.jpg

  Em Maxaranguape conduzidos pelo prefeito Luis Eduardo conheceram nesta terça-feira ao  local onde pode abrigar uma Marina (margem do rio Maxaranguape) e apresentação aos visitantes o que o município está preparando para receber investimentos com toda infra estrutura necessária. 

   Na visita a Maxaranguape participaram também o secretário Adjunto de Turismo  do RN, Manoel Gaspar Junior; secretário de Desenvolvimento Econômico do RN, Renato Marinho; ex-secretário de Turismo de Natal, Fernando Bezerril  empresário Alexandre Franco; presidente da Câmara dos Vereadores, Crizaldo Meira e o vereador Evânio Pedro.

HK3PJRq.jpg

João Pessoa se articula na disputa como melhor cidade turística do Nordeste

Airton Bulhões,

   A participação de João Pessoa no 12º Fórum Internacional de Cidades Criativas da Unesco que começou nesta segunda-feira, em Cracóvia (Polônia) mostra que os paraibanos se articulam e desenvolvem ações sólidas para tornar a cidade cada vez mais turística.

   João Pessoa toma posse da cidade no grupo seleto de 180 reconhecidas pela criatividade no mundo, distribuídas em 72 países. Com título conferido pelas Nações Unidas em novembro do ano passado, João Pessoa é a única cidade no Brasil considerada uma referência pela riqueza do artesanato e da cultura popular.

  Enquanto isso Natal não busca opções para desenvolver seu turismo e fica na mesmice, João Pessoa tem criatividade e vai longe.

  No encontro, com representações de todas as regiões do mundo, o prefeito Luciano Cartaxo apresentou um vídeo que mostra as belezas, monumentos históricos, equipamentos públicos e programas de referência da Capital. Mesmo ingressando na rede há poucos meses, João Pessoa já se tornou uma referência no país, com a implantação do Celeiro, espaço de exposição e comercialização do artesanato paraibano, o início do programa AnimaCentro, de ocupação cultural no Centro Histórico, junto com a realização do primeiro Encontro de Cidades Criativas da Unesco do Brasil (ECriativa).

 O prefeito acrescentou que o Fórum da Unesco é outro momento que está sendo aproveitado pela gestão municipal para promover a boa imagem de Capital paraibana no mundo, atraindo novos visitantes. Durante o encontro, o gestor irá conhecer as experiências bem-sucedidas de outros municípios, além de apresentar um segundo painel na Mesa-Redonda sobre Criatividade e Desenvolvimento Sustentável, junto a outros prefeitos e gestores públicos da rede mundial de cidades. “Vamos mostrar os passos seguintes do programa João Pessoa, Cidade Criativa, com a implantação do Laboratório de Inovação Cultural, a Fábrica de Artesanato e a I Feira Internacional de Economia Criativa, que vem sendo construída junto com o Sebrae e outras entidades parceiras”, apontou.



Paraíba ganha estaleiro de R$ 3 bilhões e Natal não consegue implantar uma marina

Airton Bulhões,

    O Rio Grande do Norte perdeu a chance de construir um estaleiro para conserto de navio, abrindo uma opção econômica muito forte, enquanto isso o sonho da população do Litoral Norte da Paraíba de ter um estaleiro que gere empregos e movimente a economia da região está mais perto de se concretizar.

  A construção do estaleiro de reparos de Lucena, que deve investir mais de R$ 3 bilhões na economia da Paraíba, recebeu, em maio deste ano, a Licença de Instalação (LI) da Superintendência de Administração do Meio Ambiente - Sudema. O documento é uma garantia que a obra cumpre todos os requisitos em relação ao meio ambiente.JjEdgCu.jpg

Nessa cruzada para construção do estaleiro em Natal utilizando boas áreas existentes ao longo do rio Potengi, poderia ter se juntando as forças vivas da economia como entidades empresariais, governo estadual e municipal, mas o estaleiro não interessa para a economia do Rio Grande do Norte.

  Enquanto isso a execução de um projeto de marina pública no estuário do Potengi ao lado da ponte Newton Navarro em Natal resiste a quase 10 anos para sair, quanto mais um estaleiro. Qualquer cidadezinha da Europa tem uma marina aqui a construção da marina depende até hoje da regulamentação da ZPA7. Com proposta de capacidade para 450 barcos, investimento de R$ 100 milhões, gerando 500 empregos diretos isso não interessa.

  O ex-secretário de Turismo de Natal, Fernando Bezerril lutou até quanto pode para tornar a construção da marina pública, mas foi engolido pela burocracia e desinteresse.

LUCENA SERÁ FOCO DE INVESTIDORES INTERNACIONAIS

  O investimento bilionário irá colocar Lucena no radar de investidores internacionais, o que irá impulsionar o mercado imobiliário local, gerar empregos e estimular a criação de novos negócios. 

  Com a construção do estaleiro, a Paraíba será um ponto estratégico para os navios transatlânticos, que atualmente não têm opções para um porto de reparo na América do Sul. 

“Esta licença é fundamental para atrair investidores, principalmente internacionais, para o projeto, já que ela é uma garantia que não haverá problemas relacionados ao meio ambiente”, detalhe Roberto Braga, consultor da empresa norte-americana McQuilling, empresa responsável pela construção do estaleiro.

  Segundo o executivo, hoje a China é o país destino dessas embarcações e que muitas vezes Popagam verdadeiras fortunas para se deslocarem até a Ásia para receberem manutenção e reparos. Estes procedimentos são uma exigência para a maioria das seguradoras dos navios. “Também há uma necessidade de reparos e modernização de seus equipamentos e softwares das embarcações”, explica Roberto Braga.



Tributação municipal dá prazo para que 4,6 mil contribuintes renegociem dívidas tributárias

Airton Bulhões,

   A secretaria municipal de tributação está dando oportunidade para que 4,6 mil contribuintes que deixaram de pagar as parcelas de suas dívidas de tributos por três meses e  que correm risco de terem a negociação cancelada podem regular a inadimplência até o próximo dia 22 de junho.

Segundo o secretário Municipal de Tributação, Ludenilson Lopes, o prazo para cancelar o parcelamento devido ao não cumprimento por parte dos contribuintes, venceu no fim de abril.

  No início do mês de maio foram enviadas correspondências a todos os 4.688 contribuintes passíveis de cancelamento do parcelamento, dando prazo até o fim de maio. Devido à paralisação dos caminhoneiros e suas conseqüências para a população, a Semut estendeu o prazo para a regularização, ficando a nova data para o dia 22 de junho. 

  Durante o mês de maio, depois de alertados, cerca de 17% apenas, 528 contribuintes prestes a perder a negociação, regularizaram sua condição junto à Secretaria Municipal de Tributação.

  Do total de parcelas que deixaram de ser pagas pelo contribuinte em negociação, o Município deixou de arrecadar em torno de R$ 9 milhões, referentes aos três meses em atraso, e recuperados cerca de R$ 700 mil com a regularização em maio. 

  O contribuinte que negociou dívidas e não está honrando ou não está podendo mesmo pagar ou gosta de sofrer. Enfrentar uma fila na secretaria de Tributação  para poder renegociar atraso de pagamento é um saco, mas é a melhor opção porque sofre o risco de ter ajuizada sua dívida e no caso de imóvel pode ir para leilão e sobre serviços ter  bens penhorados.

  A melhor coisa a fazer é sofrer na fila e evitar transtornos.  “Nossa intenção não é que ninguém perca o parcelamento, mas que mantenha, pois a perda dificulta muito a regularização posteriormente”, afirma o secretário de Tributação. No caso do contribuinte perder a negociação ele não terá mais direito aos descontos oferecidos quando foi negociada a dívida tributária e realizado o parcelamento.



Ministério da Educação amplia o teto semestral do novo Fies

Airton Bulhões,

 O Ministério da Educação informa que a partir do segundo semestre de 2018 a quantia financiável do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) que  era de até R$ 30 mil, referente a cada período de seis meses a partir de agora será de R$ 42.983 ou seja, 50% do curso escolhido.

   O candidato ao novo Fies deve fazer suas inscrição, exclusivamente, pela internet, a partir do mês de julho. No total, estão sendo ofertadas 310 mil vagas em 2018, sendo 155 mil para os últimos seis meses do ano. O Novo Fies, sancionado em 7 de dezembro de 2017 pelo presidente da República, Michel Temer, é uma política pública sustentável, dirigida aos mais pobres, que preserva o equilíbrio financeiro.

 “Com essas melhorias, entendemos que mais candidatos podem se beneficiar com o programa, sobretudo com a ampliação do teto”, observou o ministro da Educação, Rossieli Soares ao avaliar que as adaptações permitirão um fundo de financiamento mais sustentável, robusto e atrativo para os interessados.

  Em 2016, o ônus fiscal do Fies foi de R$ 32 bilhões, valor 15 vezes superior ao custo apresentado em 2011. Tais números, juntamente com um fundo garantidor insuficiente, colocavam em risco a existência do programa e a manutenção do ritmo de cessão de bolsas.



Natalenses tem opção nas férias de junho no Valle Nevado Sky Resort no Chile

Airton Bulhões,

   Os natalenses que quiserem curtir as férias de junho no Chile não perdem por esperar. Com a temporada 2018 prevista para começar dia 22 de junho o resort de neve Valle Nevado Sky Resort oferece uma série de vantagens para os turistas que planejam férias naquele País.

 O Valle Nevado preparou uma programação especial para celebrar seus 30 anos. O resort de neve, que recebe turistas de diversos países da América Latina, com destaque para brasileiros e argentinos, elaborou um mês temático com diversas atrações e atividades para hóspedes e visitantes do complexo. 

  Localizado a cerca de 60 km de Santiago a partir do aeroporto, a estação possui três hotéis, Tres Puntas, Puerta del Sol e Valle Nevado, sendo três, quatro e cinco estrelas, respectivamente, além de seis restaurantes, seis bares e pubs, mais de 40 pistas para esqui ou snowboard, 16 teleféricos, lojas e apartamentos residenciais.

  O Hotel Três Puntas, unidade três estrelas do complexo, está com  l5% de desconto. A promoção é válida para reservas de, no mínimo, 3 noites entre 13 e 20 de julho. O desconto será aplicado sobre o total da reserva de hospedagem e não se estende para produtos adicionais. A promoção, válida somente para brasileiros, está sujeita à disponibilidade e não é cumulativa com outras promoções.



Mercado de energia eólica realiza curso em Natal para quem deseja trabalhar neste segmento

Airton Bulhões,

O Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERNE), em parceria com a Universidade Potiguar (UnP), está com inscrições abertas até a próxima sexta-feira (dia 8)​, para a turma de 2018 do c​urso de “Gestão da Energia Eólica”. As aulas serão realizadas na UnP da Avenida Nascimento de Castro, em Natal.

  O conteúdo das disciplinas compreenderá as tecnologias para geração de energia eólica, licenciamento e gestão ambiental, construção, operação e manutenção de parques, além de temas voltados à administração dos empreendimentos, estudos de viabilidade econômica, obtenção de financiamentos, aspectos regulatórios e tributação relativa à atividade. Ao final do curso, será realizada uma visita técnica onde os alunos poderão conhecer de perto a estrutura e operação de um parque eólico.

  As aulas serão ministradas por diretores setoriais do CERNE e por profissionais de empresas parceiras com vasta experiência no mercado. Com carga horária de 50 horas dividida em sete módulos, a capacitação é destinada a quem já atua ou deseja ingressar profissionalmente no mercado de energia eólica.  Podem se inscrever alunos de graduação e profissionais interessados no setor.

  O Rio Grande do Norte, é o estado brasileiro líder na produção deste tipo de energia.  O potencial de criação de empregos locais é grande porque a cadeia eólica é longa, além do potencial de crescimento do mercado eólico no estado. O setor emprega desde profissionais que tenham apenas o ensino médio ou técnico, como é o caso de montadores, operadores e motoristas, até os altos graus de formação, como engenheiros e gerentes, onde a pós-graduação e especialização são pré-requisitos para a contratação.

  Levantamento divulgado em maio deste ano, aponta que no Brasil a indústria eólica emprega cerca de 33.700 pessoas na fabricação, construção, instalação, operação e manutenção das usinas eólicas.

SAIBA MAIS

  As inscrições podem ser feitas pelo endereço da plataforma e-Labora: https://sistemas.unp.br/hub/unp/sicoe//publico/inscricao.jsf. A ementa com as informações completas do curso está disponível em www.cerne.org.br/cursos. Outras informações podem ser obtidas diretamente no e-Labora, pelo telefone (84) 2010-0340 ou ​pelo email [email protected].


21-40 de 1543