Empresários do Alecrim fazem parceria com a Estácio para produção de projetos sustentáveis

Airton Bulhões,

    O bairro do Alecrim começa uma nova fase na execução de um projeto sólido que transforme sua fisionomia onde hoje tudo é ruim: ruas invadidas pelos camelôs;  falta de estacionamentos, péssima conservação do asfalto, entre outras mazelas que fazem os comerciantes reclamarem do muito que sempre é prometido e nada  é executado.

Empresários do Bairro do Alecrim (Aeba) firmou parceria com a faculdade Estácio Alexandrino onde será oferecido o acesso aos serviços gratuitos oferecidos pelos projetos de extensão e núcleos da faculdade, bem como toda a estrutura acadêmica está à disposição dos comerciantes.

  A iniciativa é decorrente do projeto Rede Parceira Estácio – Alecrim, que trabalha no estreitamento da relação da instituição de ensino com a comunidade no seu entorno. De acordo com Juliana Rocha, coordenadora do Rede Parceira, a primeira atividade a ser executada com a Associação dos Empresários do Alecrim será um diagnóstico do perfil comercial do Alecrim, para então serem planejadas ações de reestruturação do modelo de negócios da Associação e dos associados, junto ao projeto ‘Capacita Alecrim’, também da instituição. “É a comunidade dentro da faculdade assumindo o ‘Educar para Transformar’, propósito da Estácio”, afirma Juliana.

“O Alecrim está completamente desorganizado e extremamente carente de verbas públicas, o que torna a atividade empresarial um grande desafio. Mesmo sendo um importante centro comercial que gera impostos em valor expressivo, não se vê uma contrapartida em investimentos dos governos”, ponderou o presidente eleito da Aeba, Pedro Campos.



Petrobras começa processo de cessão de campos terrestres para a iniciativa privada

Airton Bulhões,

   A Petrobras  informa que está dando  início aos processos para a cessão da totalidade dos direitos de exploração, desenvolvimento e produção das concessões em quatro conjuntos de campos terrestres (Polo Fazenda Belém, Polo Macau, Polo Sergipe Terra 1 e Polo Sergipe Terra 3), localizados nos estados do Estados do Ceará, Rio Grande do Norte e Sergipe.

  Nesta etapa do projeto, os interessados habilitados na fase anterior receberão cartas-convite com instruções detalhadas sobre o processo de desinvestimento, incluindo as orientações para a realização de due diligence e para o envio das propostas vinculantes.

  A presente divulgação ao mercado está em consonância com a Sistemática para Desinvestimentos da Petrobras e alinhada às disposições do procedimento especial de cessão de direitos de exploração, desenvolvimento e produção de petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos fluidos.




Gasto anual somente com o Senado leva R$ 3,3 bilhões com o pagamento de salários e benefícios

Airton Bulhões,

   Qual o cidadão brasileiro que paga seus impostos em dia pode se sentir confortável tendo que sustentar uma casta de senadores O gasto anual do Senado com o pagamento de salários e benefícios supera R$ 3,3 bilhões. Cada um custa, em média, R$ 550 mil anuais

  Pois bem, os 81 senadores têm, atualmente, 3.277 assessores contratados sem concurso ou vínculo com o serviço público e pagos com o dinheiro do contribuinte. O que se vê é o empobrecimento da maioria dos brasileiros que são enrolados com esses bolsas famílias e outros programas sem futuro.

  São 1.375 comissionados e 299 terceirizados lotados nos gabinetes das excelências em Brasília – DF e 1.603 “aspones” nos “escritórios de apoio” dos parlamentares nos Estados. O número de boquinhas nos gabinetes equivale a mais da metade dos 6.070 servidores do Senado.

  Em média, cada senador tem 41 funcionários à disposição. É mais que a maioria das empresas brasileiras. E o contribuinte banca os salários. O maior empregador é um senador  do MDB que tem 82 assessores e quatro terceirizados em seus gabinetes. Outro do PROS tem 80 servidores, sendo 40 no gabinete em Brasília e outros 40 no escritório de apoio em Brasília. É uma sangria aos cofres públicos que deixa todos estarrecidos.

  Esse é  o Brasil que queremos ? É preciso uma REFORMA POLÍTICA urgente entre outras ações para reduzir o tamanho do Estado. As duas casas do Congresso consomem vorazmente tudo o que Brasil trabalhador produz.

   



UFRN é destaque no ranking de inovação do Instituto Nacional de Produção Industrial

Airton Bulhões,

   Mais uma conquista para a nossa  Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) que está incluída entre as 15 instituições a depositar mais registros de patentes de invenção e programas de computador em 2017 junto ao Instituto Nacional de Produção Industrial (INPI).

   O ranking foi divulgado no estudo “Indicadores de Propriedade Industrial 2018”, que coloca a UFRN em 11º lugar entre as depositantes de patentes de invenção, com o total de 30 pedidos, e na 15ª colocação entre as depositantes dos programas de computador, com 11 solicitações.

  O estudo foi realizado pelo INPI, órgão responsável pela comprovação de autoria e ineditismo de inventos com aplicabilidade industrial. Para deter a propriedade intelectual de um invento, é necessário aguardar a concessão da carta-patente, por meio da qual é possível realizar o licenciamento para uso aplicado nas empresas interessadas.

  No caso das universidades, estas se tornam titulares das patentes e podem celebrar transferência de tecnologia mediante o recebimento de royalties, conforme a Lei de Inovação Tecnológica 10.973/2004.

SAIBA MAIS

Dos 188 pedidos de patentes de inovação depositados pela UFRN de 2004 a 2017 no INPI, já foram conquistadas quatro cartas-patentes. Entre os programas de computador, até 2017,foram realizados 123 pedidos e 122 concessões.



Câmara Lojista muda horário do comércio natalense na primeira fase da Copa do Mundo

Airton Bulhões,

 

   A Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal e o Sindicato do Comércio definiram juntamente com o lojistas dos shoppings em Natal e o comércio de rua os horários de funcionamento do comércio  em dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo passará por modificação

  Os estabelecimentos comerciais fecharão 1 hora antes e abrirão 1 hora depois de cada jogo, isso nesta primeira fase do mundial. Caso a seleção brasileira avance para a segunda fase, haverá uma nova reunião entre os lojistas para definir um novo o horário de funcionamento.

VEJA O HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO COMÉRCIO NESSA PRIMEIRA FASE DO MUNDIAL

MIDWAY MALL

Dia 17/06 - Domingo Jogo de 15h às 17h Aberto de 11h às 14h* Reabre: às 17h (facultativo), às 18h (obrigatório)

Dia 22/06 - Sexta Jogo de 09h às 11h Abre às 11h (facultativo) Abre às 12h (obrigatório)

Dia 27/06 - Quarta Jogo de 15h às 17h Aberto de 10h às 14h Reabre: às 17h (facultativo) , às 18h (obrigatório).

·  As lojas que quiserem, poderão abrir antes do jogo no Domingo (17), a partir de 11h (facultativo). Para as lojas de Alimentação e Lazer será obrigatória a abertura às 11h.

NORTE SHOPPING

Dia 17/06 - Domingo Jogo de 15h às 17h Detran: Fechado Cinema: Conforme programação e transmitirá os jogos do Brasil. Fórmula Academia: 09h às 13h Operações que decidirem abrir durante o jogo: 10h às 21h Âncoras e megalojas: 10h às 14h | 18h às 21h Lojas e quiosques de alimentação e lazer que fecharão durante o jogo:10h às 14h (obrigatório) | 18h às 22h (facultativo) Demais lojas e quiosques: 10h às 14h (obrigatório) | 18h às 21h (facultativo)

Dia 22/06 - Sexta Jogo de 09h às 11h Detran: 12h às 20h Cinema: Conforme programação e transmitirá os jogos do Brasil Fórmula Academia: 5h às 07h | 13h às 22h Lojas e Quiosques de Alimentação e Lazer: 12h às 22h Âncoras e Megalojas: 12h às 22h Demais Lojas e Quiosques: 12h às 22h

Dia 27/06 - Quarta Jogo de 15h às 17h Cinema: Conforme programação e transmitirá os jogos do Brasil. Fórmula Academia: 5h às 13h | 19h às 22h Operações que decidiram abrir durante o jogo: 10h às 22h Âncoras e Megalojas: 10h às 14h | 18h às 22h Lojas e quiosques de alimentação e lazer que fecharão durante o jogo: 10h às 14h | 18h às 22h Demais lojas e quiosques: 10h às 14h | 18h às 22h.

PRAIA SHOPPING

Dia 17/06 - Domingo Jogo de 15h às 17h Aberto Alimentação e lazer a partir das 11hs Demais lojas abrem das 11às14hs Reabre lojas das 18 às 21hs

Dia 22/06 - Sexta Jogo de 09h às 11h Aberto Alimentação e lazer a partir das 11hs Abre lojas das 18 às 21hs

Dia 27/06 - Quarta Jogo de 15h às 17h Aberto Alimentação e lazer a partir das 11hs Demais abrem lojas das 10 às14hs Reabre lojas das 18 às 22hs.

VIA DIRETA

Dia 17/06 - Domingo Jogo de 15h às 17h Lojas e bancos abrem facultativa 12hs às 21hs Alimentação horário normal das 12 às 22hs.

Dia 22/06 - Sexta Jogo de 09h às 11h Lojas e bancos abrem das 12hs às 21hs Alimentação das 9hs às 22hs

Dia 27/06 - Quarta Jogo de 15h às 17h Lojas e bancos abrem das 12 às 14hs Reabrem das 18hs às 21hs Alimentação das 12hs às 22hs.

CIDADE JARDIM

Dia 17/06 - Domingo Jogo de 15h às 17h Lojas Abertas de 18 às 21hs Alimentação e lazer abre horário normal.

Dia 22/06 - Sexta Jogo de 09h às 11h Lojas abrem às 12h às 21hs. Alimentação e lazer abre horário normal. Dia 27/06 - Quarta

Jogo de 15h às 17h Lojas abertos de 09H às14hs Reabertura das lojas das 18h às 21hs Alimentação e lazer abre horário normal.

PARTAGE NORTE SHOPPING

 Dia 17/06 - Domingo Jogo de 15h às 17h Aberto de 11h às 14h30 Reabre: às 17h30 A praça de alimentação, play e cinema funcionam normalmente.

Dia 22/06 - Sexta Jogo de 09h às 11h Abre às 11h A praça de alimentação, play e cinema funcionam normalmente.

Dia 27/06 - Quarta Jogo de 15h às 17h Aberto de 10h às 14h30 Reabre: às 17h30 A praça de alimentação, play e cinema funcionam normalmente.

SHOPPING  10

 Dia 17/06 - Domingo Jogo de 15h às 17h Totalmente fechado

Dia 22/06 - Sexta Jogo de 09h às 11h Abre das 12 às18hs

Dia 27/06 - Quarta Jogo de 15h às 17h Aberto de 08hs às 14hs


Franceses visitam Guamaré e Maxaranguape para investimentos em projetos náuticos

Airton Bulhões,

  Os franceses capitaneados pela New Co Marine, através do seu presidente Jean Marie Barbero e o seu diretor geral, Sérgio Azeretto não desistem de aportar investimentos no Rio Grande do Norte. Especializados em estudos de viabilidade e de desenvolvimento de projetos náuticos como Marinas e estaleiros, visitaram os municípios de Guamaré e Maxaranguape.

  Antes, fizeram uma visita a área pertencente a um empresário que fica no lado da Redinha onde desembarcavam os passageiros da balsa para instalar uma Marina, mas o valor pedido pelo terreno tornou-se inviável.

  Já a Marina pública que a Prefeitura do Natal tem pretendido construir ao lado da Ponte Newton Navarro, depende de análise em audiência pública da ZPA7, porém está emperrado há 10 anos e até agora não foi apreciado pelo órgão de meio ambiente do município.

  O governador Robinson Faria vem dando todo apoio aos empresários do New Co Marine e escalou secretários para acompanhar os franceses. 

   Com interesse no RN o objetivo da visita do grupo foi verificar in loco a possibilidade da implantação de uma marina portuária em Guamaré e Maxaranguape. O interesse dos europeus para conhecer o município surgiu após um trabalho apresentado pela Secretaria de Turismo do município em 2017, ao empresário e procurador do grupo Fernando Bezerril.

O grupo New Co Marine tem como portfólio 46 marinas construídas e administradas sendo duas  sendo uma no Rio de Janeiro e outra em Salvador.

Em Guamaré, os empresários conheceram a urbanização da orla da Praia de Aratuá, as praias do Mioto e do Presídio e também percorreram a trilha das canoas, passeando pela rota das Gamboas. Foram ciceroneados pelo prefeito  Hélio Willamy e mais Fernando Bezerril-Ex-Secretário de Turismo de Natal, procurador do grupo no Brasil e Alexandre Franco-Diretor Imobiliário.Qp94Z9U.jpg

  Em Maxaranguape conduzidos pelo prefeito Luis Eduardo conheceram nesta terça-feira ao  local onde pode abrigar uma Marina (margem do rio Maxaranguape) e apresentação aos visitantes o que o município está preparando para receber investimentos com toda infra estrutura necessária. 

   Na visita a Maxaranguape participaram também o secretário Adjunto de Turismo  do RN, Manoel Gaspar Junior; secretário de Desenvolvimento Econômico do RN, Renato Marinho; ex-secretário de Turismo de Natal, Fernando Bezerril  empresário Alexandre Franco; presidente da Câmara dos Vereadores, Crizaldo Meira e o vereador Evânio Pedro.

HK3PJRq.jpg

João Pessoa se articula na disputa como melhor cidade turística do Nordeste

Airton Bulhões,

   A participação de João Pessoa no 12º Fórum Internacional de Cidades Criativas da Unesco que começou nesta segunda-feira, em Cracóvia (Polônia) mostra que os paraibanos se articulam e desenvolvem ações sólidas para tornar a cidade cada vez mais turística.

   João Pessoa toma posse da cidade no grupo seleto de 180 reconhecidas pela criatividade no mundo, distribuídas em 72 países. Com título conferido pelas Nações Unidas em novembro do ano passado, João Pessoa é a única cidade no Brasil considerada uma referência pela riqueza do artesanato e da cultura popular.

  Enquanto isso Natal não busca opções para desenvolver seu turismo e fica na mesmice, João Pessoa tem criatividade e vai longe.

  No encontro, com representações de todas as regiões do mundo, o prefeito Luciano Cartaxo apresentou um vídeo que mostra as belezas, monumentos históricos, equipamentos públicos e programas de referência da Capital. Mesmo ingressando na rede há poucos meses, João Pessoa já se tornou uma referência no país, com a implantação do Celeiro, espaço de exposição e comercialização do artesanato paraibano, o início do programa AnimaCentro, de ocupação cultural no Centro Histórico, junto com a realização do primeiro Encontro de Cidades Criativas da Unesco do Brasil (ECriativa).

 O prefeito acrescentou que o Fórum da Unesco é outro momento que está sendo aproveitado pela gestão municipal para promover a boa imagem de Capital paraibana no mundo, atraindo novos visitantes. Durante o encontro, o gestor irá conhecer as experiências bem-sucedidas de outros municípios, além de apresentar um segundo painel na Mesa-Redonda sobre Criatividade e Desenvolvimento Sustentável, junto a outros prefeitos e gestores públicos da rede mundial de cidades. “Vamos mostrar os passos seguintes do programa João Pessoa, Cidade Criativa, com a implantação do Laboratório de Inovação Cultural, a Fábrica de Artesanato e a I Feira Internacional de Economia Criativa, que vem sendo construída junto com o Sebrae e outras entidades parceiras”, apontou.



Paraíba ganha estaleiro de R$ 3 bilhões e Natal não consegue implantar uma marina

Airton Bulhões,

    O Rio Grande do Norte perdeu a chance de construir um estaleiro para conserto de navio, abrindo uma opção econômica muito forte, enquanto isso o sonho da população do Litoral Norte da Paraíba de ter um estaleiro que gere empregos e movimente a economia da região está mais perto de se concretizar.

  A construção do estaleiro de reparos de Lucena, que deve investir mais de R$ 3 bilhões na economia da Paraíba, recebeu, em maio deste ano, a Licença de Instalação (LI) da Superintendência de Administração do Meio Ambiente - Sudema. O documento é uma garantia que a obra cumpre todos os requisitos em relação ao meio ambiente.JjEdgCu.jpg

Nessa cruzada para construção do estaleiro em Natal utilizando boas áreas existentes ao longo do rio Potengi, poderia ter se juntando as forças vivas da economia como entidades empresariais, governo estadual e municipal, mas o estaleiro não interessa para a economia do Rio Grande do Norte.

  Enquanto isso a execução de um projeto de marina pública no estuário do Potengi ao lado da ponte Newton Navarro em Natal resiste a quase 10 anos para sair, quanto mais um estaleiro. Qualquer cidadezinha da Europa tem uma marina aqui a construção da marina depende até hoje da regulamentação da ZPA7. Com proposta de capacidade para 450 barcos, investimento de R$ 100 milhões, gerando 500 empregos diretos isso não interessa.

  O ex-secretário de Turismo de Natal, Fernando Bezerril lutou até quanto pode para tornar a construção da marina pública, mas foi engolido pela burocracia e desinteresse.

LUCENA SERÁ FOCO DE INVESTIDORES INTERNACIONAIS

  O investimento bilionário irá colocar Lucena no radar de investidores internacionais, o que irá impulsionar o mercado imobiliário local, gerar empregos e estimular a criação de novos negócios. 

  Com a construção do estaleiro, a Paraíba será um ponto estratégico para os navios transatlânticos, que atualmente não têm opções para um porto de reparo na América do Sul. 

“Esta licença é fundamental para atrair investidores, principalmente internacionais, para o projeto, já que ela é uma garantia que não haverá problemas relacionados ao meio ambiente”, detalhe Roberto Braga, consultor da empresa norte-americana McQuilling, empresa responsável pela construção do estaleiro.

  Segundo o executivo, hoje a China é o país destino dessas embarcações e que muitas vezes Popagam verdadeiras fortunas para se deslocarem até a Ásia para receberem manutenção e reparos. Estes procedimentos são uma exigência para a maioria das seguradoras dos navios. “Também há uma necessidade de reparos e modernização de seus equipamentos e softwares das embarcações”, explica Roberto Braga.



Tributação municipal dá prazo para que 4,6 mil contribuintes renegociem dívidas tributárias

Airton Bulhões,

   A secretaria municipal de tributação está dando oportunidade para que 4,6 mil contribuintes que deixaram de pagar as parcelas de suas dívidas de tributos por três meses e  que correm risco de terem a negociação cancelada podem regular a inadimplência até o próximo dia 22 de junho.

Segundo o secretário Municipal de Tributação, Ludenilson Lopes, o prazo para cancelar o parcelamento devido ao não cumprimento por parte dos contribuintes, venceu no fim de abril.

  No início do mês de maio foram enviadas correspondências a todos os 4.688 contribuintes passíveis de cancelamento do parcelamento, dando prazo até o fim de maio. Devido à paralisação dos caminhoneiros e suas conseqüências para a população, a Semut estendeu o prazo para a regularização, ficando a nova data para o dia 22 de junho. 

  Durante o mês de maio, depois de alertados, cerca de 17% apenas, 528 contribuintes prestes a perder a negociação, regularizaram sua condição junto à Secretaria Municipal de Tributação.

  Do total de parcelas que deixaram de ser pagas pelo contribuinte em negociação, o Município deixou de arrecadar em torno de R$ 9 milhões, referentes aos três meses em atraso, e recuperados cerca de R$ 700 mil com a regularização em maio. 

  O contribuinte que negociou dívidas e não está honrando ou não está podendo mesmo pagar ou gosta de sofrer. Enfrentar uma fila na secretaria de Tributação  para poder renegociar atraso de pagamento é um saco, mas é a melhor opção porque sofre o risco de ter ajuizada sua dívida e no caso de imóvel pode ir para leilão e sobre serviços ter  bens penhorados.

  A melhor coisa a fazer é sofrer na fila e evitar transtornos.  “Nossa intenção não é que ninguém perca o parcelamento, mas que mantenha, pois a perda dificulta muito a regularização posteriormente”, afirma o secretário de Tributação. No caso do contribuinte perder a negociação ele não terá mais direito aos descontos oferecidos quando foi negociada a dívida tributária e realizado o parcelamento.



Ministério da Educação amplia o teto semestral do novo Fies

Airton Bulhões,

 O Ministério da Educação informa que a partir do segundo semestre de 2018 a quantia financiável do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) que  era de até R$ 30 mil, referente a cada período de seis meses a partir de agora será de R$ 42.983 ou seja, 50% do curso escolhido.

   O candidato ao novo Fies deve fazer suas inscrição, exclusivamente, pela internet, a partir do mês de julho. No total, estão sendo ofertadas 310 mil vagas em 2018, sendo 155 mil para os últimos seis meses do ano. O Novo Fies, sancionado em 7 de dezembro de 2017 pelo presidente da República, Michel Temer, é uma política pública sustentável, dirigida aos mais pobres, que preserva o equilíbrio financeiro.

 “Com essas melhorias, entendemos que mais candidatos podem se beneficiar com o programa, sobretudo com a ampliação do teto”, observou o ministro da Educação, Rossieli Soares ao avaliar que as adaptações permitirão um fundo de financiamento mais sustentável, robusto e atrativo para os interessados.

  Em 2016, o ônus fiscal do Fies foi de R$ 32 bilhões, valor 15 vezes superior ao custo apresentado em 2011. Tais números, juntamente com um fundo garantidor insuficiente, colocavam em risco a existência do programa e a manutenção do ritmo de cessão de bolsas.



Natalenses tem opção nas férias de junho no Valle Nevado Sky Resort no Chile

Airton Bulhões,

   Os natalenses que quiserem curtir as férias de junho no Chile não perdem por esperar. Com a temporada 2018 prevista para começar dia 22 de junho o resort de neve Valle Nevado Sky Resort oferece uma série de vantagens para os turistas que planejam férias naquele País.

 O Valle Nevado preparou uma programação especial para celebrar seus 30 anos. O resort de neve, que recebe turistas de diversos países da América Latina, com destaque para brasileiros e argentinos, elaborou um mês temático com diversas atrações e atividades para hóspedes e visitantes do complexo. 

  Localizado a cerca de 60 km de Santiago a partir do aeroporto, a estação possui três hotéis, Tres Puntas, Puerta del Sol e Valle Nevado, sendo três, quatro e cinco estrelas, respectivamente, além de seis restaurantes, seis bares e pubs, mais de 40 pistas para esqui ou snowboard, 16 teleféricos, lojas e apartamentos residenciais.

  O Hotel Três Puntas, unidade três estrelas do complexo, está com  l5% de desconto. A promoção é válida para reservas de, no mínimo, 3 noites entre 13 e 20 de julho. O desconto será aplicado sobre o total da reserva de hospedagem e não se estende para produtos adicionais. A promoção, válida somente para brasileiros, está sujeita à disponibilidade e não é cumulativa com outras promoções.



Mercado de energia eólica realiza curso em Natal para quem deseja trabalhar neste segmento

Airton Bulhões,

O Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERNE), em parceria com a Universidade Potiguar (UnP), está com inscrições abertas até a próxima sexta-feira (dia 8)​, para a turma de 2018 do c​urso de “Gestão da Energia Eólica”. As aulas serão realizadas na UnP da Avenida Nascimento de Castro, em Natal.

  O conteúdo das disciplinas compreenderá as tecnologias para geração de energia eólica, licenciamento e gestão ambiental, construção, operação e manutenção de parques, além de temas voltados à administração dos empreendimentos, estudos de viabilidade econômica, obtenção de financiamentos, aspectos regulatórios e tributação relativa à atividade. Ao final do curso, será realizada uma visita técnica onde os alunos poderão conhecer de perto a estrutura e operação de um parque eólico.

  As aulas serão ministradas por diretores setoriais do CERNE e por profissionais de empresas parceiras com vasta experiência no mercado. Com carga horária de 50 horas dividida em sete módulos, a capacitação é destinada a quem já atua ou deseja ingressar profissionalmente no mercado de energia eólica.  Podem se inscrever alunos de graduação e profissionais interessados no setor.

  O Rio Grande do Norte, é o estado brasileiro líder na produção deste tipo de energia.  O potencial de criação de empregos locais é grande porque a cadeia eólica é longa, além do potencial de crescimento do mercado eólico no estado. O setor emprega desde profissionais que tenham apenas o ensino médio ou técnico, como é o caso de montadores, operadores e motoristas, até os altos graus de formação, como engenheiros e gerentes, onde a pós-graduação e especialização são pré-requisitos para a contratação.

  Levantamento divulgado em maio deste ano, aponta que no Brasil a indústria eólica emprega cerca de 33.700 pessoas na fabricação, construção, instalação, operação e manutenção das usinas eólicas.

SAIBA MAIS

  As inscrições podem ser feitas pelo endereço da plataforma e-Labora: https://sistemas.unp.br/hub/unp/sicoe//publico/inscricao.jsf. A ementa com as informações completas do curso está disponível em www.cerne.org.br/cursos. Outras informações podem ser obtidas diretamente no e-Labora, pelo telefone (84) 2010-0340 ou ​pelo email [email protected].



Relatório mostra que 430 hospitais privados foram fechados entre 2010 e 2108 no Brasil

Airton Bulhões,

   Durante a realização da feira Hospitalar, em São Paulo, a Federação Brasileira de Hospitais – FBH lançou um relatório técnico minucioso compilado a partir de dados do Ministério da Saúde: Cenário dos Hospitais no Brasil - que traz  gráficos, números, mapas, informações e análises que mostram a situação e a distribuição nacional e regional do setor hospitalar brasileiro.1GknJch.jpg

   O relatório traz o  número de hospitais e de leitos hospitalares como importantes indicadores para determinar o tamanho da estrutura,  contingente de recursos e a capacidade do atendimento de saúde em alta e média complexidade disponível à população de qualquer país ou região. 

  A publicação mostra que para retornar ao número de hospitais e leitos observados em 2010, o setor de saúde brasileiro teria que injetar R$ 30 bilhões. Os estabelecimentos privados foram os que mais sofreram no período.

  Ao todo foram 430 hospitais privados fechados entre 2010 e março de 2018. Na contramão, foram criadas 343 unidades de saúde pública, na mesma base de comparação. Para o presidente da FBH, Luiz Aramicy Pinto a tendência é que o número não piore, tendo em vista que o volume chegou ao limite. Contudo, ele destaca que os desafios de operar no País continuam complexos.

   O relatório sobre a situação dos hospitais privados no Brasil, de forma inédita, consolida dados e analisa a evolução e a configuração dos hospitais privados no período entre 2010 e 2018 a fim de contribuir com estratégias de planejamento e gestão e ampliar as perspectivas de novos investimentos na prestação de serviços hospitalares em todo o território nacional.

SAIBA MAIS

  Embora não exista um parâmetro oficial que aponte a densidade de leitos hospitalares por habitante, a Organização Mundial da Saúde (OMS) estima globalmente uma média de 3,2 leitos hospitalares para cada 1.000 habitantes. Para a América Latina e Caribe esta estimativa cai para 2,0 leitos hospitalares por 1.000 habitantes (1).



Gelatos artesanais são produzidos por italianos na praia de Pipa

Airton Bulhões,

   Os sabores de Itália para os natalenses não ficam só na famosa pizza, mas agora nos sorvetes artesanais produzidos pela  italiana Carolina Bestetti ao criar uma linha diferenciada de sorvetes artesanais -  Preciosa Gelateria, que produz o genuíno sorvete italiano.2xntKhA.jpg

  São cerca de 300 sabores com opções light, diet, vegana, sem leite ou lactose. "Temos um foco, que é fazer tudo aqui, sem depender da indústria. Toda a nossa produção é própria e natural", diz a empresária.

  Com apoio do Sebrae/RN  através do programa Agentes Locais de Inovação (ALI). A iniciativa começou em 2008 juntamente com seu marido Denis Tentorio na praia de Pipa.

  "Tivemos que adaptar as receitas justamente devido à variedade de frutas existentes no Brasil e também em função da escassez de outros produtos". Aposta deu certo. Tanto que a indústria chega a produzir mais de 100 quilos de sorvete por dia na alta estação. Produção que abastece a loja em Pipa e a instalada em Natal, a unidade franqueada da marca.

  O gelato é mais saudável e nutritivo em comparação com sorvete tradicional. "O Gelato é diferente do que se tem no Brasil. Nosso sorvete italiano é mais saudável porque eliminamos a gordura hidrogenada. A maioria dos nossos sorvetes é  à base de água. Tentamos então passar essa ideia de sorvete como alimento saudável", justifica Carolina Bestetti.

  Ela explica um pouco sucesso que os produtos fazem entre o público. "Investimos em bons equipamentos e matéria-prima. Queremos oferecer sempre um bom produto. Nosso objetivo é sempre surpreender pelo bom sorvete".



Melhor do artesanato potiguar pode ser visto na 5ª Feira Multicultural no shopping Cidade Jardim

Airton Bulhões,

    Uma grande variedade de artesanato é o que espera os natalenses e turistas na 5ª Feira Multicultural nesta sexta e até domingo no Shopping Cidade Jardim, com participação de artesãos com o melhor de suas produções.

  Os expositores estarão localizados em toda a área do shopping onde estarão apresentando produtos como arte em mdf, costura criativa, crochê, mosaico e outros. Os itens são produzidos por artistas, em sua maioria, potiguares. A Feira oportuniza aos apreciadores da arte a compra e encomenda de produtos e é uma ótima oportunidade para os clientes conhecerem a riqueza e diversidade do artesanato local.

  O evento é gratuito e acontece das 9h às 21h na sexta e sábado, e das 15h às 21h durante o domingo.

YNhkX3o.jpg

Empresários mostram ao governador impacto da greve dos caminhoneiros e pedem segurança

Airton Bulhões,

   A Federação das Indústrias do RN (Fiern) apresentou o impacto da greve dos caminhoneiros que atingiu todo o País e com consequências danosas para a economia estadual. 

  Foram apresentados dados de 29 a 30 de maio junto a 23 importantes segmentos industriais do estado. O comércio também foi duramente afetado principalmente o setor de supermercados, além dos lojistas que registraram baixo regimento nas vendas no comércio de rua e nos shoppings.

   Entre os mais atingidos estão os segmentos de açúcar e álcool (90% das vendas prejudicadas), cerâmico (100% das vendas e 60% da produção), café (100% da produção  e 40% das vendas), sal marinho (100% das vendas), sorvetes e polpas de frutas (80% da produção), laticínios (40% da produção afetada).

  O presidente da Fiern, Amaro Sales junto com os presidentes da Federação da Agricultura, José Vieira; Federação dos Transporters do Nordeste, Eudo Laranjeiras, e o vice-presidente da Fecomércio, Gilberto Costa, se reuniram  com o governador Robinson Faria nesta quarta-feira na Governadoria, para tratar das dificuldades do setor produtivo com a obstrução de estradas, feita pela mobilização dos caminhoneiros.huTahYe.jpg

O governador assegurou que tem atuado e vai dar continuidade às iniciativas para que as forças de segurança adotem medidas que permitam a retomada da normalidade nas rodovias. Ele disse também que vai prosseguir na articulação com as forças federais que têm colaborado nestas operações.

O presidente da FIERN relatou ao governador as implicações das obstruções nas estradas. Ele alertou que há empresas em dificuldades para manter a produção por falta de insumos e para escoar suas mercadorias.

Uma carta entregue, ao governador, pelos presidentes das federações, durante a audiência, manifestou o apoio à ação do governo do Estado para minimizar as consequências da paralisação. “O setor produtivo do Estado, representado pelas federações, registra o total apoio às ações empreendidas pelo Governo do Estado, agindo para minimizar os efeitos danosos que a paralisação dos caminheiros causou, e vem causando, à nossa economia e à sociedade”, destacou a carta.

As Federações empresariais afirmam também, no documento, que o trabalho dos órgãos estaduais é fundamental para que se tenha registrado avanços no sentido da retomada da normalidade. Ao mesmo tempo, alerta para os prejuízos milionários em virtude do desabastecimento e da perda de mercadorias perecíveis.



BNB seleciona projetos de soluções inovadoras disponibilizando R$ 4 milhões

Airton Bulhões,

    O Banco do Nordeste abre chamada pública para seleção de projetos no valor total de R$ 4 milhões, dentro do projeto que tem como tema “Soluções Inovadoras para Implementação do Programa de Desenvolvimento Territorial do Banco do Nordeste”. O edital faz parte do plano de ações focado no desenvolvimento territorial e na organização, fortalecimento e elevação da competitividade das cadeias produtivas.

  A fase de inscrições vai até 11 de julho e o resultado da primeira etapa será conhecido em 10 de agosto. Podem participar da seleção instituições públicas e privadas sem fins lucrativos, sediadas ou com atuação nos Estados nordestinos e no norte de Minas Gerais e do Espírito Santo.

  Os projetos podem ter prazo de seis meses a dois anos de execução, e serão apoiados com até R$ 300 mil. Os recursos não reembolsáveis são do Fundo de Desenvolvimento Econômico, Científico, Tecnológico e de Inovação (Fundeci) para apoio a projetos de desenvolvimento e difusão de soluções inovadoras e sustentáveis.

  As propostas devem responder aos principais desafios enfrentados pelos agentes econômicos nas atividades priorizadas no âmbito do Programa de Desenvolvimento Territorial (Prodeter) do Banco do Nordeste. Entre os desafios estão a baixa produtividade e baixa eficiência econômica em atividades como bovinocultura leiteira, caprinocultura e fruticultura. O edital prevê seleção de pelo menos um projeto em cada um dos 21 territórios especificados.

SAIBA MAIS

O envio das propostas deve ser exclusivamente via internet, utilizando o Sistema de Gerenciamento de Convênios, no endereço eletrônico www.bnb.gov.br/fundeci, onde também está disponível o edital.



Museu Egípcio Itinerante pode ser visto no Natal Shopping

Airton Bulhões,

  Os consumidores que vão ao Natal Shopping podem visitar o Museu Egípcio Itinerante, com seu acervo de mais de 200 peças. São réplicas de restos arquitetônicos, riquezas encontradas nas pirâmides, ruínas e túmulos, entre outras curiosidades e mistérios que encantam adultos, jovens e crianças. As peças imitam relíquias expostas nos museus do Cairo, Alexandria, Luxor, Louvre, Londres, Berlim e Vaticano.ndibMft.jpg

  O visitante poderá ver de perto réplicas de múmias, sarcófagos, estátuas de importantes faraós como Ramsés II, Tutmés III, Hatshepsut, Tutankhamon, rainhas Nefertiti, Cleópatra, Ty, Nefertary, deuses e deusas da antiga religião egípcia, Isis, Osiris, Anubis, Bastet, Seth e outros objetos funerários como joias, além da exposição de pinturas sobre papiros, milenar arte egípcia.

  O Museu Itinerante já foi visitado por mais de um milhão de pessoas em toda a América do Sul. Além da visita interativa, também são oferecidas palestras de 30 minutos com a temática “O Egito antigo e suas principais inferências na atualidade”, além de demonstração sobre a criação do papiro.

  O acervo é obra do artista plástico egípcio Essam Battal, idealizador do projeto, cujo trabalho permite à população de diversos países o conhecimento dessa fascinante civilização: os costumes, o povo, as crenças e realizações artísticas e arquitetônicas. Nascido no Egito, na cidade de Sharkia, e naturalizado no Brasil, Essam Battal, desde a infância, sempre demonstrou profunda inclinação para as artes plásticas.

SAIBA MAIS

A exposição está montada no piso L2 em frente à Centauro e permanece até o dia 22 de agosto, seguindo o mesmo horário de funcionamento do mall, com entrada ao valor de R$ 10 (estudante) e R$ 20 (inteira). As visitas duram em média 50 minutos.



Resort Serhs Natal Grand Hotel é penta na TripAdvisor

Airton Bulhões,

    O resort cinco estrelas Serhs Natal Grand Hotel – localizado na Via Costeira – acaba de conquistar, pela quinta vez consecutiva, o certificado de excelência do TripAdvisor. Com isso, o empreendimento passa a fazer parte do hall da fama do site dessa categoria.BVbmLCT.jpg

“É um orgulho para nós entrar esse reconhecimento, que comprova o bom trabalho de nossa equipe para proporcionar aos hóspedes a melhor experiência em hospedagem”, diz Willian Lass, diretor-geral do resort.

O Serhs Natal Grand Hotel é caraterizado pelo ótimo atendimento, serviço profissional e excelentes instalações. Além de oferecer tudo o que você precisa para aproveitar sua viagem: Praia, sol, piscinas, atividades, boa comida, relaxamento, ambiente de tirar o fôlego e serviços de massagem em nosso spa.

SAIBA MAIS

O TripAdvisor é uma plataforma de avaliação de estabelecimentos que foi criada com o intuito de ajudar viajantes a descobrir bons hotéis, restaurantes e alguns outros tipos de estabelecimentos durante suas viagens.

A plataforma, que hoje é o maior site de viagens do mundo, pode ser acessada pelo navegador ou pelo aplicativo, e também mostra dados de voos e de outros tipos de hospedagem, como o aluguel de imóveis por temporada.



Turistas internacionais gastam quase US$ 500 milhões em visita ao Brasil

Airton Bulhões,

Segundo o Ministério do Turismo baseado em informações do Banco Central os turistas internacionais que visitaram o Brasil em abril gastaram US$ 499 milhões nos destinos brasileiros, um salto de 19,6% em relação ao mesmo mês do ano passado, quando a receita cambial do turismo alcançou US$ 417 milhões.

  No acumulado do ano o resultado também foi positivo com crescimento de 7,52%. A soma das receitas de janeiro a abril é de US$ 2,43 bilhões, frente a US$ 2,26 bilhões registrados no mesmo período de 2017.J3h8j5z.jpg

O percentual de 19,63% de aumento da receita em abril representa o maior percentual ano, superando janeiro, fevereiro e março. “Termos resultados melhores que o ano passado é um bom indicativo, já que 2017 foi um ano de recorde no número de estrangeiros em visita ao Brasil”, comenta o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz.

Os dados do Banco Central mostram também que houve aumento no gasto do brasileiro lá fora (US$ 1,53 bilhão), de mais 16% na comparação com abril de 2017. No acumulado do ano, a despesa cambial do turismo subiu de US$  5,9 bilhões para US$ 6,47 bilhões, acréscimo de 11,58%. Os números referem-se aos gastos com cartão de crédito e trocas oficiais de moeda.


1-20 de 1515